sábado, 14/03 | Praça do Município

Montalegre | Virgem Suta na “Sexta 13”

Os Virgem Suta atuam na primeira "Sexta 13" do ano em Montalegre. Fundados em 2008, este grupo de Beja irá apresentar, em estreia, "Mão na mão", título da nova canção da banda de Nuno Figueiredo e Jorge Benvinda.
A inscrição está fechada
Montalegre | Virgem Suta na “Sexta 13”

Horário e local

14/03/2020, 01:00
Praça do Município, Praça do Município nº1, 5470-214 Montalegre, Portugal

Sobre o evento

Os Virgem Suta atuam na primeira "Sexta 13" do ano em Montalegre. Fundados em 2008, este grupo de Beja irá apresentar, em estreia, "Mão na mão", título da nova canção da banda de Nuno Figueiredo e Jorge Benvinda. Um trunfo imperdível para este concerto - a realizar na Praça do Município - que promete surpreender no maior espetáculo de rua de Portugal.

Os Virgem Suta são autores de algumas das canções mais contagiantes da música portuguesa. Surgiram em Beja, valeram-se de duas guitarras, e de forma descomprometida foram criando um conjunto de temas que rapidamente conquistaram o público. Percebemos o que os carateriza e porque agradam a quem quer que os oiça. Não descartam as suas raízes, transpiram portugalidade e não têm problemas em assumi-lo. A isto aliam camadas sonoras que juntam o lado doce da pop com a irreverência do rock. A música dos Virgem Suta sugere uma viagem a um território muito particular, rocambolesco, mas ao mesmo tempo real, habitado por personagens que nos parecem familiares. Depois absorvemos as canções e percebemos que afinal é sobre nós, sobre a vida de pessoas comuns, sobre essa coisa tão particular que é ser português, que eles cantam. A ironia aparece a espaços, subtil, mas certeira, servindo para destacar de forma espirituosa as nossas particularidades, contradições, qualidades ou defeitos. À boa maneira alentejana, dominam a arte de contar histórias. De forma engenhosa, as canções criam imagens tão irresistíveis que facilmente se mergulha no seu imaginário. Não estão focados em mudar o mundo. Pretendem que se olhe para o presente de forma crítica, mas acentuam o lado bom da vida, lembrando que tudo é melhor quando acompanhado por um bom copo de vinho. As canções ganham uma outra expressividade nos espetáculos graças à performance irrepreensível com que nos brindam de cada vez que sobem ao palco. Ao vivo colocam uma intensidade que varia entre a energia contagiante e a tranquilidade comovente, criando na audiência o desejo de que a festa não termine tão cedo. No fundo, o objetivo é fazer de cada concerto um encontro animado entre amigos. É desta forma que os Virgem Suta se apresentam ao vivo. Num espetáculo que junta todos os seus grandes hits, Jorge Benvinda e Nuno Figueiredo serão os mestres-de-cerimónia de uma festa que promete ser inesquecível. E ninguém ficará de fora.

A inscrição está fechada

Compartilhe esse evento