top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Alto Minho pede tratamento igual na redução de portagens na A28 e deslocalização do Pórtico de Neiva

Os autarcas do Alto Minho reuniram-se hoje, dia 23 de outubro, com a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, para abordar a questão da exclusão da autoestrada A28 da redução de 30% nas portagens de várias ex-SCUT (Sem Custos para o Utilizador). Na sessão, que decorreu em Ponte de Lima, foi ainda pedida a deslocalização do Pórtico de Neiva.





homens e mulheres em reunião numa mesa comprida

Esta reunião ocorreu no final da cerimónia de contratualização para a reposição de equipamentos e infraestruturas municipais danificados pelas cheias e inundações dos passados meses de dezembro e janeiro, que teve lugar nas instalações da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), em Ponte de Lima.

O encontro concentrou-se na necessidade de garantir um tratamento “justo e igualitário” para a A28, em conformidade com as outras ex-SCUT, que já beneficiaram da redução de portagens. "A A28 desempenha um papel crucial no Alto Minho, ligando a região à cidade do Porto e servindo um território de baixa densidade com características de interioridade. Além disso, a autoestrada possui um caráter transfronteiriço, conectando-se à vizinha Galiza, reforçando ainda mais a sua importância para a mobilidade e o desenvolvimento económico da região", argumenta a CIM Alto Minho, em nota de imprensa.

Além das preocupações com as portagens, os autarcas apresentaram outra reivindicação fundamental, pedindo a deslocalização do Pórtico do Neiva, um ponto de cobrança de portagens na A28 que tem gerado controvérsia e descontentamento na comunidade local.

A Ministra Ana Abrunhosa ouviu atentamente as preocupações manifestadas pelos autarcas e comprometeu-se a levar estas questões ao conhecimento do Governo. Para os autarcas do Alto Minho, este compromisso da Ministra da Coesão Territorial representa "um passo significativo na procura por soluções que possam beneficiar a mobilidade e o desenvolvimento económico da região."




0 comentário

Comments


bottom of page