top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Alunos de Valença aprendem Literacia Financeira



A Câmara Municipal de Valença está a promover um plano de literacia financeira, junto dos alunos do primeiro ciclo do concelho com um conjunto de iniciativas ao longo do ano letivo, que incluem eventos como o Dia da Poupança e jogos didáticos, entre outros.

A iniciativa é dinamizada pela empresa DSIC (DS Intermediários de Crédito) através do plano “De pequenino com foco no tostão, é que se poupa no cofrinho”.


Com este projeto, "pretende-se levar o conhecimento sobre literacia financeira aos mais pequenos capacitando-os para o futuro, bem como às suas famílias de modo contribuir para a sua implementação, no dia a dia, para que cada família possa adquirir conhecimentos sólidos que lhes permita controlar o seu orçamento de forma consciente.". lê-se na nota de imprensa do Município.


A ação conta com o apoio aos professores, disponibilização de conteúdos, workshops de 40 minutos com jogos didáticos ajustado à faixa etária das crianças, monitorização ao longo do ano letivo, dinamização de eventos como Dia da Poupança, concursos, exposição e apresentação pública de trabalhos e concurso, bem como o lançamento do primeiro livro: “A Menina que sonhava comprar a Lua“.


Para Arlindo Sousa, Vereador da Câmara Municipal, "a educação financeira das crianças é fundamental para a capacitação dos futuros adultos nas escolhas financeiras mais conscientes e responsáveis que farão amanhã", acrescentando que a iniciativa irá abranger mais alunos: "Numa segunda fase prevê-se o alargamento desta iniciativa ao segundo e terceiro ciclo."


O plano “De pequenino com foco no tostão, é que se poupa no cofrinho”, da DSIC, desenvolve-se nas escolas através da apresentação “Os mini-heróis da poupança” que tem como objetivo "melhorar conhecimentos e atitudes financeiras, apoiar a inclusão financeira, desenvolver hábitos de poupança, promover o recurso responsável ao crédito e criar hábitos de precaução, sensibilizando para situações de risco que podem afetar o rendimento.", refere a entidade.





0 comentário

Opmerkingen


bottom of page