top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Apresentado Livro "História da Freguesia de S. Martinho da Gandra"

“História da Freguesia de S. Martinho da Gandra”, da autoria de João Pereira Barbosa, retrata as histórias da Freguesia do concelho de Ponte de Lima que lhe dá nome.


Nas palavras do autor, este livro resulta de um trabalho exaustivo de pesquisa, “se a gente não tiver paixão não consegue escrever um livro desta envergadura”, afirmou João Pereira Barbosa, explicando que “em termos de investigação” os seus “tempos livres dos últimos 4 anos foram ocupados única e exclusivamente neste livro”.


Entre jornais locais, atas e todo o expediente da Junta de Freguesia, diversos livros, testemunhos, e uma panóplia de outras fontes bibliográficas, o autor conta “largas centenas de horas” investidas em pesquisa.


A publicação agora apresentada, conta com o apoio da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Ponte de Lima, tratando-se de uma “mais-valia”, conforme revela o Presidente da Junta de Freguesia de S. Martinho da Gandra, Ernesto Pereira. Para si, esta é uma “obra que vai perpetuar um passado recente”. O Presidente da Junta salientou a importância deste “livro que no fundo descreve a passagem do século XIX para o XX”, graças à dedicação do autor à Freguesia.


Durante sua intervenção na cerimónia de apresentação que decorreu na Freguesia cuja história foi mote do livro, o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Victor Mendes revelou que considera “fundamental que os cidadãos de um território, qualquer que ele seja, também ao nível da freguesia, possam conhecer a sua história, a sua cultura, as suas tradições, as figuras mais ilustres, as figuras anónimas, aquilo que no fundo ajudou a construir um determinado território”.


O autarca afirma que esta obra “é fundamental” para que “todos nós, nomeadamente aqueles que aqui nasceram, aqueles que aqui habitam, possam conhecer a história da freguesia”. Segundo o Presidente da Câmara Municipal, “em boa hora tivemos alguém que se mostrou disponível para elaborar esse estudo, essa recolha”, que reaviva agora a memória de S. Martinho da Gandra.



0 comentário

Comments


bottom of page