Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Pub

Arcos de Valdevez aprovou orçamento para 2021

A Câmara Municipal de Arcos de Valdevez aprovou o Orçamento e Grandes Opções do Plano para 2021 de 32 milhões de euros, o maior de sempre.



"Este Orçamento pretende consolidar a estratégia de desenvolvimento sustentável de Arcos de Valdevez, através da concretização de um conjunto de projetos e ações que contribuam para a melhoria da qualidade de vida, apoio às famílias e instituições e dinamização da economia local, procurando o equilíbrio entre a sustentabilidade social, económica e ambiental.", argumenta o executivo arcuense.


As Grandes Opções do Plano para 2021 assumem um investimento na ordem dos 21,5 milhões de euros, representando o maior investimento em funções sociais, com cerca de 12 milhões de euros e em funções económicas, com mais de 6,6 milhões de euros.


A relação de proximidade à população e de parceria com várias entidades concelhias será reforçada, com a previsão de transferências superiores a 4,6 milhões de euros de apoio à atividade das Juntas de Freguesia, das Instituições e Associações. Serão apoiados programas e as medidas de apoio ao nível da educação e ação social e da dinamização da economia e da atividade cultural, ambiental, desportiva e recreativa no concelho.


Na melhoria da qualidade dos serviços prestados, a autarquia continuará a realizar investimento na transição digital e interatividade com os cidadãos, com um investimento superior a 680 mil euros.


Este orçamento comtempla ainda um plano de prevenção e mitigação dos efeitos da COVID 19, em que será reforçado o apoio às famílias, às pessoas desfavorecidas e aos trabalhadores com perda de rendimentos, continuando a cooperar com as entidades locais de saúde, segurança e ordem pública e a apoiar as instituições sociais.


Também o apoio à retoma da economia continuará com o lançamento de novos programas de apoio à modernização da atividade empresarial e de incentivo ao empreendedorismo e emprego. No ano 2021, o executivo pretende concluir e lançar projetos de investimento de relevo para o concelho e para os arcuenses.


Na educação o investimento será de 1,7 milhões de euros na modernização das instalações em novas tecnologias e no reforço da ação social escolar e no ambiente os investimentos serão superiores a 4,3 milhões de euros na ampliação e gestão eficiente das redes de abastecimento de água, saneamento, resíduos sólidos e energia.


Na mobilidade e reabilitação de espaços urbanos está previsto investir cerca de 4 milhões de euros na beneficiação da rede viária nas freguesias e no reforço da segurança rodoviária por todo o concelho.


Continuarão a realizar obras de reabilitação urbana no centro histórico e em outros espaços públicos em várias freguesias, assim como na rede de transportes públicos, onde já estão a comparticipar financeiramente a manutenção de 12 linhas de carreira pública e ao nível da transição digital estão a expandir a rede de fibra ótica pelo concelho.


Na habitação irá avançar a construção, aquisição e reabilitação de habitações, assim como a conclusão da obra de reabilitação para arrendamento jovem na rua do Lira, estando previsto um investimento superior a 1,2 milhões de euros.

Na cultura, desporto, recreio e lazer irão abrir as Oficinas de Criatividade Himalaya e iniciar a intervenção no Espaço Valdevez - Memória Arcuense. Iniciarão as obras da 3ª Fase da Zona Desportiva, um investimento na ordem de 1,5 milhões de euros e garantida a continuidade no apoio ao investimento na melhoria das instalações associativas.


No dinamismo da atividade turística e económica o investimento será superior a 2,6 milhões de euros. Irá abrir o Parque Biológico da Porta do Mezio, o Centro de Biodiversidade e Turismo em Sistelo e o Centro Interpretativo da Geologia na Gavieira e será construído o Centro Interpretativo e Etnográfico em Soajo. Será melhorada a rede de ecovias, passadiços e miradouros, os locais de visitação, entre a Miranda e o Extremo e o Monte do Castelo vai sofrer obras de beneficiação. Vai ser criado mais um espaço de comercialização de produtos locais, as Esplanadas do Vez.


"Na atração de investimento e criação de emprego, vamos continuar a investir na expansão dos parques empresariais, nomeadamente em Paçô e Padreiro. Serão reforçados os incentivos à criação de empresas e emprego e vamos apoiar a criação do Centro de Interface Tecnológico do Alto Minho (CITAM) numa parceria com instituições universitárias e empresas, dando um salto qualitativo na investigação e inovação e formação de cariz superior", garante fonte da autarquia, concluindo que "O Município conta com o envolvimento ativo e participativo dos arcuenses residentes e emigrantes, das autarquias, das associações e instituições e das empresas."

0 comentário

Publicidade

Se gosta da Peneda Gerês TV

Contribua com um donativo

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Peneda Gerês TV - Multimédia e Comunicação

In.Cubo – Incubadora de Iniciativas Empresariais Inovadoras

4970-786 - Arcos de Valdevez

geral.penedagerestv@gmail.com

©2021 Peneda Gerês TV