top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Arte na Leira regressa a Arga de Baixo em 2023 com edição especial "bodas de prata"


A 24ª edição da Arte na Leira terminou este domingo, contando largas centenas de visitantes, que subiram até à Casa do Marco, em Arga de Baixo, em busca da arte que durante cerca de um mês lá esteve patente.

É já há 24 anos que o artista Mário Rocha recebe amigos ou desconhecidos com a mesma cordialidade, no ambiente informal que o anfitrião imprimiu a um evento que parecia não fazer sentido e estar condenado ao fracasso. Ao contrário do que pensavam os reticentes, a "Arte na Leira vingou, fez e faz sucesso e em 2023 chega às 25 edições ininterruptas", uma espécie de “boas de prata” que vão começar a ser preparadas nos próximos meses, depois de um curto interregno, adiantou hoje a autarquia caminhense.


A pandemia interrompeu vidas e obrigou a Cultura a pausas indesejadas e às vezes definitivas, mas nem o “vírus” foi capaz de interromper a Arte na Leira, que continuou a acontecer nos últimos dois anos, beneficiando da circunstância de decorrer maioritariamente em espaços ao ar livre e outros bastante arejados, lá no topo da Serra d’Arga.

A determinação do pintor Mário Rocha foi sempre correspondida pelo público, mas este ano excedeu as expectativas e mesmo no domingo, último dia da edição 2022, dezenas de pessoas visitaram a Casa do Marco durante todo o dia. Desde 23 de julho, passaram pela Casa do Marco algumas figuras públicas, entre elas os amigos de sempre do pintor, como é o caso de Toy, ou Pedro Abrunhosa.

Mário Rocha confessa-se "satisfeito e motivado para começar já a pensar na edição dos 25 anos", que começou a ser desenhada em conversa com o Presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves, entre uma ou outra ideia que já surgiu, mas que "terá ainda de ser amadurecida, lá para outubro.", adiantam.


Entretanto, Mário Rocha fará uma curta pausa, só de alguns dias, porque da Leira, a Arte segue novamente para a Bouça, mais um evento protagonizado pelo pintor vianense que, tal como acontece com a Arte na Leira, convidará outros artistas para o acompanhar numa mostra, desta vez no Solar das Bouças, em Amares.

Arte na Leira regressará em 2023 com edição especial “bodas de prata” e outros convidados, sendo certo que a parceria com o Município de Caminha se manterá, garante o Município. "Uma presença certa é já a do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, porque a Arte na Leira não tem preconceitos e há vários anos abre as portas aos novos talentos, também através desta instituição de ensino."






0 comentário

Komentáře


bottom of page