top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Assinado contrato de comodato para gestão da Praça Viana

Contrato de comodato para gestão da Praça Viana assinado nos 45 anos da Escola Desportiva de Viana



A Câmara Municipal de Viana do Castelo assinou ontem o contrato de comodato com a Escola Desportiva de Viana para a gestão da futura Praça Viana. O autarca, José Maria Costa, indicou que a assinatura do documento no dia em que a coletividade assinalou 45 anos de existência representou “um momento particularmente feliz” e um voto de confiança à EDV.



O edil considerou que, nos últimos onze anos, se assistiu a uma transformação profunda no tecido desportivo e nos equipamentos desportivos do concelho”, indicando que a “maior centralidade” do desporto possibilitará a Viana do Castelo ser Cidade Europeia do Desporto em 2023, naquele que será “o corolário” do trabalho promovido.


Também o Presidente da direção da Escola Desportiva de Viana, Rui Jorge Silva, referiu que este foi “o culminar de um trabalho coletivo”. “A qualidade do espaço, associada à qualidade dos técnicos, vai gerar uma maior qualidade formativa”, realçou, recordando que um espaço próprio era uma velha ambição do clube.


Já o Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, Alberto Midões, destacou a “relação de confiança” entre os parceiros, naquele que considerou um “projeto para a vida”. “A Escola tem a enorme responsabilidade de dar corpo a um projeto da comunidade”, assegurou.


A empreitada de Reabilitação e Refuncionalização da Praça Viana, que conta um orçamento de quase 3,7 milhões de euros e com um prazo de execução de 18 meses, está a criar uma estrutura multifunções que pretende servir o desporto e os jovens, apta para a prática de várias modalidades em simultâneo. A refuncionalização deste equipamento está integrada na estratégia municipal de construção e requalificação de espaços desportivos para a Cidade Europeia do Desporto 2023.


A intenção da autarquia passa por transformar a antiga arena, com uma área desportiva útil de 3.800 metros quadrados e cerca de 65 metros de diâmetro, num ‘campus’ desportivo, com requalificação do edifício e das zonas adjacentes. Assim, este equipamento municipal está a ser refuncionalizado, permitindo que fique ao serviço da formação desportiva e do desporto dos vianenses.


A futura Praça Viana resulta numa parceria com a Escola Desportiva de Viana, assumindo o espaço uma dupla função, já que durante o dia e nos períodos de atividades letivas estará ao serviço da comunidade escolar, sendo depois utilizado como equipamento de apoio às atividades da EDV.


O piso 0 contará com áreas comerciais destinadas a comércio e serviços, com acesso pelo exterior e independentes do edifício principal; receção, secretaria e administração; balneários; salas de treino / aquecimento; área de Ginástica Rítmica e Artística / Campo de Jogos; área de Ginástica de Trampolins e Saltos; campo de jogos e área técnica. Já o piso 1 terá bancada de 240 lugares, sala de troféus, restaurante, bar, cozinha e instalações sanitárias públicas.


A reconversão da antiga praça de touros, desativada desde 2009, está integrada no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), candidatado a fundos comunitários do Portugal 2020.

0 comentário

Комментарии


bottom of page