top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Associação "AO NORTE" apresenta documentários sobre rotas culturais no Teatro Sá de Miranda



Exibição dos últimos três dos 10 documentários produzidos pela Associação AO NORTE, no âmbito do projeto “Alto Minho 4D - Viagem no Tempo”, promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), terá lugar pelas 21h30, amanhã, no Teatro Municipal Sá de Miranda.


Esta iniciativa está inserida na programação dos XXI Encontros de Cinema de Viana, que decorre entre os dias 18 de outubro e 5 de novembro, numa organização da Associação AO NORTE, em parceria com a Câmara Municipal de Viana do Castelo.


A projeção dos documentários terá a seguinte ordem: DO CONTEMPORÂNEO AO FUTURO, de Rui Esperança (25’); DAS ARQUITECTURAS TRADICIONAIS, de Carlos Eduardo Viana (33'); e DAS NAVEGAÇÕES, de Carlos Eduardo Viana (34'). A entrada é gratuita e os bilhetes devem ser levantados no Teatro Municipal Sá de Miranda (reservas por telefone: 258 809 382).


Mais informações sobre estes documentários em: http://www.encontrosdecinema.pt/tpc.php



Sobre o Projeto "Alto Minho 4D - Viagem no Tempo"

O projeto “Alto Minho 4D – Viagem no Tempo”, cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Norte (Norte 2020), através do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional), está a ser dinamizado pela CIM Alto Minho, em conjunto com os seus 10 municípios associados (Arcos de Valdevez, Caminha, Melgaço, Monção, Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, Valença, Viana do Castelo e Vila Nova de Cerveira), visando a criação de um conjunto de 10 rotas cronológicas culturais associadas a diferentes períodos da história. São elas: a Rota da Arte Rupestre e do Megalitismo, a Rota dos Castros, a Rota do Romano, a Rota do Românico ao Gótico, a Rota dos Mosteiros, a Rota dos Descobrimentos, a Rota dos Castelos e Fortalezas, a Rota do Barroco, a Rota da Arquitetura Tradicional e a Rota do Moderno ao Contemporâneo.




0 comentário

Σχόλια


bottom of page