top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Autarca de Caminha reuniu com Sec. Estado das Pescas sobre Plano de Afetação de Energias Renováveis




O Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Rui Lages, reuniu ontem com a Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, em Lisboa, por forma a expor à governante as preocupações da comunidade piscatória do concelho de Caminha, quanto à delimitação das zonas de exclusão para a implementação de um parque eólico ao largo da costa de Caminha e Viana do Castelo.

homem e mulher posando para a foto, junto a bandeiras

De acordo com nota de imprensa da autarquia de Caminha, "Do encontro ficou ainda garantida uma linha de diálogo aberta e permanente com o Governo."


O Presidente da Câmara Municipal referiu a propósito: “Estamos cientes da necessidade em procurar novos meios alternativos de produção de energia, mais limpa e menos dependente das energias fósseis. Temos de garantir uma maior sustentabilidade ambiental e fazer uma transição para uma economia hipocarbónica, mais eficiente na utilização dos recursos, mas esta transição não pode ser a todo o custo, tendo de se salvaguardar todos os outros interesses económicos locais, desde logo a economia gerada pela atividade da pesca, a salvaguarda da indústria do turismo e do nosso património ambiental e cultural.”


Na referida reunião ficou bem patente a necessidade de se acautelar os interesses da pesca e dos pescadores, da náutica de recreio e das empresas marítimo-turísticas. "A pesca no concelho de Caminha é uma das atividades com maior relevância e impacto quer na economia local quer na sua vertente social", relembra a autarquia.


Rui Lages expôs um conjunto de matérias que têm vindo a preocupar as Associações de Pescadores de Caminha e de Vila Praia de Âncora, fruto das diversas reuniões havidas, por forma a que se encontrem os necessários equilíbrios. “Salvaguardar os interesses dos nossos homens do mar é ponto fundamental para que todo este processo possa decorrer com a maior serenidade possível exigindo-se transparência, auscultação e proximidade na ação e nas tomadas de decisão”, sublinhou Rui Lages.


A Secretária de Estado das Pescas reafirmou o seu empenho em ser porta-voz das preocupações dos pescadores junto do Governo, garantindo ao Presidente da Câmara Municipal de Caminha uma linha de diálogo aberta e permanente.


Recorde-se que, no dia 18 de maio, pelas 12h00, realizar-se-á uma sessão de esclarecimento sobre o Plano de Afetação para as Energias Renováveis Offshore, no auditório do Museu Municipal de Caminha, que contará com a presença do Diretor Geral da DGRM, José Simão.




0 comentário

Comments


bottom of page