top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Autarquia arcuense está a desenvolver Plano de Ação do PAPERSU

O Município de Arcos de Valdevez tem o seu Plano de Ação do Plano Estratégico de Resíduos Sólidos Urbanos (PAPERSU), que está articulado com o Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2030), de forma a definir medidas e ações a desenvolver para o cumprimento da estratégia nacional, tendo como horizonte o ano 2030.




mascote de apoio à reciclagem e mulher a deitar resíduos orgânicos num compostor

De acordo com nota da autarquia, "no Plano de Ação PAPERSU, o Município de Arcos de Valdevez prevê um investimento de cerca de 3,5 milhões de euros até 2030, em que são definidas doze medidas que passam pelo reforço da sensibilização, implementação de novos fluxos de recolha, incremento dos hábitos de separação (com maior ênfase nos Biorresíduos), modernização dos serviços de recolha e de monitorização dos mesmos, a revisão da regulamentação, entre outras."


Assim, o Município de Arcos de Valdevez está a definir um conjunto de projetos e iniciativas que visam a prevenção e reutilização de resíduos e o alcance das metas de reciclagem para 2030, de acordo com o Plano de Ação PAPERSU.


A Câmara municipal adianta que remeteu o Plano de Ação do PAPERSU para pareceres das Entidades APA [Agência Portuguesa do Ambiente], ERSAR [Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos] e CCDR_N [Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte], bem como para a participação pública.


"As metas de reciclagem dos resíduos sólidos urbanos estabelecidas são extremamente desafiantes e os resultados dependerão da contribuição de cada um para este processo", sublinha.

cartaz com produtos que se podem ou não colocar no parque de biomassa

Apresente os seus contributos até 19 de abril no link para Participação Pública:

 




0 comentário

Comments


bottom of page