top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

BorgWarner investe 90 milhões de € em nova unidade em Lanheses que vai criar 350 postos de trabalho

A norte-americana BorgWarner inaugurou ontem, no Parque Empresarial de Lanheses, uma nova unidade industrial para produção de motores elétricos e componentes para veículos elétricos e pesados, híbridos e 100% elétricos, num investimento superior a 90 milhões de euros que aposta na transição energética e vai permitir criar 350 novos postos de trabalho.




5 homens de pé junto a uma placa de inauguração de fábrica

Este novo investimento decorre ainda durante um ano, até junho de 2024. Na cerimónia de inauguração, o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, reconheceu que Viana do Castelo celebrou “mais um dia no caminho do crescimento e da sustentabilidade”. “É um dia feliz para o universo BorgWarner, mas também para mim e para o Município porque a BorgWarner representa o maior investimento no concelho nos últimos 8 anos. É um dos 5 maiores empregadores do concelho, um dos principais contribuintes líquidos das exportações do concelho e do distrito”, destacou o autarca, citado em nota de imprensa da autarquia.

homem de fato preto e gravata vermelha segurando um tablet e discursando perante pessoas
Luís Nobre - Presidente CM Viana do Castelo

“Continuamos juntos na conquista dos desafios do desenvolvimento sustentável, da diversidade empresarial, industrial, da competência, dos serviços, da inovação da transição ambiental, energética e digital, na consolidação do Cluster Automóvel, num percurso económica e ambientalmente sustentável, que consolida modernidade e diferenciação, apelativo, atrativo e fixador de recursos humanos altamente qualificados, mobilizados e comprometidos com os seus projetos profissionais”, declarou ainda, considerando que todos ganham, entre território, empresas e colaboradores, fixando talento e garantindo investimentos sustentáveis e de futuro “num parque empresarial qualificado e de excelência, com um investimento exclusivamente municipal superior a 5 milhões de euros nos últimos seis anos”.


Já Hugues Simion, Plant Manager responsável pela fábrica vianense, agradeceu o apoio do Município de Viana do Castelo na agilização dos processos em tempo recorde.

homem de fato discursando perante pessoas
Hugues Simion - Plant Manager @ BorgWarner

O CEO da BorgWarner, Frédéric Lissalde, disse estar “impressionado com o crescimento da fábrica” que visa a eficiência, referindo que Viana do Castelo é muito importante para a empresa, agradecendo o contributo e apoio dado pela autarquia vianense. “Queremos crescer convosco”, reiterou.

homem de fato bege discursando no palanque
Frédéric Lissalde - CEO @ BorgWarner

Este foi o terceiro investimento da multinacional americana no concelho, depois de o grupo ter selecionado Portugal como futuro Centro Europeu para a expansão da eletrificação. Em 2021, em Viana do Castelo a BorgWarner tinha um volume de negócios de 170 milhões de euros, prevendo-se a duplicação deste valor com esta nova unidade.

pessoas sentadas assistindo a uma inauguração numa fábrica

Recorde-se que, no mês de julho de 2021, a Câmara Municipal de Viana do Castelo isentou a BorgWarner do pagamento do Imposto Municipal Sobre Transações Onerosas de Imóveis (IMT) pela aquisição, à empresa Enerconpor - Energias Renováveis de Portugal, de uma parcela de terreno, com 78 mil metros quadrados, no Parque Empresarial de Lanheses, para a instalação desta unidade agora inaugurada.


Com este investimento da BorgWarner, Portugal vai começar a produzir motores elétricos e componentes para veículos ligeiros e pesados, híbridos e 100% elétricos em Viana do Castelo. No país, a BorgWarner tem fábricas no Seixal e em Viana do Castelo. Toda a produção desta nova unidade vianense terá como destino a exportação.




0 comentário

Comments


bottom of page