top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Cem estudantes internacionais aprendem Português na Universidade do Minho

Uma centena de pessoas de 21 países está a participar no curso de verão de Português Língua Estrangeira da Universidade do Minho, em Braga. Os inscritos chegam de vários continentes, com destaque para os alunos vindos de Macau (24) e da Coreia do Sul (19).




estudantes universitários sentados em semi-círculo ao ar livre

De acordo com a UMinho, este curso, não conferente de grau, é lecionado em vários níveis de aprendizagem (A1/A1+, A2/A2+ e B1/B1+) e inclui 72 horas de aulas, além de diversas atividades culturais.


A iniciativa é coordenada pelo BabeliUM - Centro de Línguas da Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas da UMinho. Esta 33ª edição do curso ocorre em simultâneo com uma ação de formação para professores da Galiza. Para a coordenadora do curso, Micaela Ramon, "estas formações visam dar competências linguísticas e comunicativas em Português aos formandos e, por outro lado, permitir-lhes que explorem a cultura portuguesa e lusófona, como tertúlias e visitas a locais de interesse como o Porto ou Viana do Castelo, os santuários da Abadia, Bouro e Rendufe, o Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa ou ao festival Castro Galaico."

A compreensão e o uso correto das estruturas da língua, bem como a sonoridade das palavras são apontadas pelos participantes como as maiores dificuldades com que se deparam nas aulas, que decorrem há três semanas. Luca Cussigh vem da Universidade de Pádua (Itália), ao abrigo da aliança europeia Arqus. Já consegue pronunciar frases curtas sem dificuldade e aponta a disponibilidade dos docentes como um dos fatores mais motivadores do curso.

Para Jingchen Tang, da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, o mandarim é completamente diferente do português e há certas dificuldades e discrepâncias culturais. Já os estudantes coreanos ambicionam aprender a língua de Camões, com o intuito de fazer de Portugal a sua casa no futuro. Vinda da Colômbia, Daniela Buitargo deseja realizar o mestrado em terras lusas: “Adoraria fazê-lo na Universidade do Minho”, refere citada em nota de imprensa. Este curso tem a sessão de encerramento a 28 de julho, às 11h00, no auditório da ELACH, no campus de Gualtar, em Braga.

Além da oferta de verão, o BabeliUM disponibiliza formações semestrais e anuais em diversos idiomas, para alunos de várias geografias e de universidades parceiras. "No caso do Português, a tendência de atração do público asiático levou também à possibilidade de alargar protocolos com academias do Japão", revela a UMinho. O BabeliUM pretende ainda reforçar a aposta em cursos de Língua Gestual Portuguesa.





0 comentário

Comments


bottom of page