top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Centro Cultural de Viana do Castelo exibe exposição "10 anos de Museu Nacional de Desporto"

Abriu hoje portas, na entrada do Centro Cultural de Viana do Castelo, a exposição “10 anos de Museu Nacional de Desporto 2012-2022”. No ano passado, o Museu Nacional do Desporto comemorou uma década de abertura ao público e esta mostra de entrada gratuita assinala os momentos mais marcantes e a atividade que o museu desenvolveu nesse período.




exposição com peças e momentos desportivos

O Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Câmara Municipal de Viana do Castelo - Cidade Europeia do Desporto inauguraram esta exposição que representa o arranque do projeto “Museu Fora de Portas”, que irá levar a todas as regiões do território nacional as várias exposições temáticas do Museu Nacional do Desporto. A exposição “10 Anos de Museu Nacional do Desporto 2012-2022” estará aberta ao público, de forma gratuita, no Centro Cultural de Viana do Castelo de 30 de março a 31 de maio.

camisola e chuteira de futebolista em exibição numa exposição
© João Lomba

Nesta mostra passam-se em revista as cerca de 40 exposições que o Museu organizou – algumas em parcerias com outras entidades, dentro e fora das suas instalações –, destacando-se as mais emblemáticas. Nesta linha de tempo, cruza-se uma seleção dos maiores feitos por atletas portugueses que ficam na História do Desporto nacional. Nela encontram-se expostas peças da vasta coleção do Museu pelo seu valor ou pela sua relevância patrimonial e sentimental.


O Presidente do IPDJ, Vítor Pataco, referiu que este foi “o pontapé de saída” desta mostra, que inaugurou ao público no Museu Nacional do Desporto em outubro passado e que sai agora em formato itinerante. O responsável destacou ainda a “relação próxima” entre o IPDJ e o Município “desde há muito tempo”, indicando que o facto de Viana do Castelo ser Cidade Europeia do Desporto “serve para incrementar esta relação, o que pode ter reflexo na alteração da realidade local em termos de clubes, associações e juventude”, referiu citado em nota de imprensa do Município de Viana do Castelo.


Nesse contexto, hoje foi também assinado um memorando de entendimento do Clube TOP, entre o IPDJ e a Câmara Municipal de Viana do Castelo, com vista a realização de ações de formação para agentes desportivos dos clubes e associações do município. “O Clube TOP está relacionado com a capacitação dos dirigentes nos pequenos clubes, ajudando na formação destas pessoas que se disponibilizam de forma voluntária a acederem a novas oportunidades de práticas desportivas, a conhecerem novas perspetivas para fazerem ainda melhor o seu trabalho”, declarou Vítor Pataco.

dois homens segurando um documento nas mãos
Vítor Pataco - Presidente IPDJ e Luís Nobre - Presidente CM Viana do Castelo (Foto: © João Lomba)

Já o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, indicou que este memorando “concretiza o que tem sido uma estratégia municipal de ver o desporto como elemento de coesão social e territorial”. “Os clubes e associações foram determinantes para o desafio de sermos Cidade Europeia do Desporto 2023, o que tem impacto em toda a nossa comunidade e visa o reconhecimento e capacitação de todos, incluindo dos dirigentes dos nossos clubes”, explicou.


O memorando de entendimento serve de base ao estabelecimento de uma parceria entre o IPDJ, I.P. e o Município de Viana do Castelo para a concretização de diversas ações que incluem a divulgação e promoção do Programa CLUBE TOP e dos pressupostos que lhe estão associados, junto dos potenciais interessados, designadamente, dirigentes, trabalhadores e demais colaboradores com responsabilidades de gestão e administrativas dos clubes desportivos locais.

pessoas de pé em frente a uma mesa, sorrindo para a câmara
© João Lomba

Tem ainda como objetivos a partilha de informações e conhecimentos técnicos que sirvam o desenvolvimento de iniciativas que visem uma adequação do Programa CLUBE TOP às necessidades do movimento associativo no quadro dos desafios da sustentabilidade e da boa governança; e o desenvolvimento de ações e atividades conjuntas no âmbito das diferentes Medidas do Programa CLUBE TOP que contribuam de forma efetiva para a capacitação dos clubes desportivos locais, formação e qualificação dos recursos humanos com responsabilidades de direção, gestão e administrativas, promoção da empregabilidade no desporto, valorização e reconhecimento do trabalho de qualidade desenvolvido pelos clubes locais em prol do desporto e da comunidade.




0 comentário
bottom of page