top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Cerveira acolhe X EDUCARTE, de 31 de maio a 3 de junho

É sob um novo conceito que Vila Nova de Cerveira acolhe, entre 31 de maio e 3 de junho, a X EDUCARTE – Educação através da Arte. Uma aposta do executivo municipal para uma maior interação da comunidade escolar com os artistas com obras de arte presentes no espaço público da ‘Vila das Artes’. Para esta primeira edição, o artista em destaque é Zadok Ben-David.








sombra de criança a correr em preto e branco

Sob o tema agregador “És Livre? Novos olhares sobre coleções e criações para pensar a Arte e a Liberdade”, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira, na qualidade de parceiro, propôs trabalhar junto da comunidade escolar uma reflexão sobre os conceitos de indivíduo e de comunidade a partir da análise da obra “People I saw but never met” de Zadok Ben-David. Trata-se de uma instalação constituída por milhares de figuras de pessoas anónimas gravadas em alumínio, e que resultam de um processo de desenho e simplificação feito a partir de registos fotográficos de pessoas que o artista observa na rua, nas suas múltiplas viagens, explorando as atitudes e comportamentos humanos, enquanto indivíduos e enquanto comunidade.


Assim, e após proporcionar um primeiro contacto com a obra do artista presente no concelho de Vila Nova de Cerveira – Antartica (1996), Cervo (2004), Magic Box (2011) e Girl on the run (2018) - e uma introdução ao seu processo de trabalho, a Fundação Bienal de Arte de Cerveira lançou o desafio a alunos e professores de todas as instituições de ensino sediadas no concelho para "desenvolverem plasticamente as suas propostas em torno de um projeto artístico coletivo inspirado na prática artística de Zadok Ben-David, culminando com a apresentação sob a forma de uma instalação de arte pública em grande escala ao ar livre."

"Além das componentes artística e criativa, as crianças e jovens estudantes de Vila Nova de Cerveira são convidados a trabalhar o sentido crítico em torno do respeito e da igualdade que está na base de uma sociedade democrática, recorrendo à imaginação da história única e individual que se encontra detrás de cada figura, mas também as circunstâncias e as caraterísticas que as tornam semelhantes e/ou diferentes", explica a autarquia de Cerveira em nota de imprensa.


A inauguração desta X EDUCARTE acontece na próxima quarta-feira, 31 de maio, às 10h00, no Auditório Municipal, com a presença do artista Zadok Ben-David que conversará com os alunos presentes, bem como acompanhará a visita guiada aos cerca de 60 trabalhos expostos. O Município de Vila Nova de Cerveira adianta que "a planificação com os artistas em destaque para as próximas edições também já foi delineada, sendo o Mestre José Rodrigues em 2025 e Robert Schad em 2027."

Intercalada com a Bienal Internacional de Arte de Cerveira, a realização da EDUCARTE – Educação através da Arte é uma iniciativa da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, tendo como parceiros a Fundação Bienal de Arte de Cerveira, o Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Cerveira, a Associação Convento San Payo, a ETAP - Escola Profissional, Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, a Creche - Centro Social e Paroquial de Campos. "O objetivo é estimular o interesse dos alunos pela arte, reforçando a relação entre arte e paisagem e sensibilizando para a riqueza global do território e os seus múltiplos interesses", remata.






0 comentário

Comments


bottom of page