top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Cerveira participou na 3ª Conferência Europeia "ResiliEurope"



Juventude e Resiliência foram os conceitos mais debatidos pelos países presentes. Na qualidade de parceiro do projeto europeu, Vila Nova de Cerveira será o anfitrião do 5.º encontro, agendado para setembro deste ano.


Entre 31 de março e 2 de abril, o Município de Vila Nova de Cerveira marcou presença na 3ª Conferência "ResiliEurope - European Citizens, Islands, Territories and Resilience”, na cidade de Shkoder, Albânia, fazendo-se representar pelo Secretário da Vereação, Bruno Quintas. O ciclo de seis conferências passará, em setembro, por Vila Nova de Cerveira para conhecer a realidade socioeconómica do concelho alto-minhoto.


Os países presentes nesta conferência europeia foram recebidos pelo Presidente da Câmara de Shkoder, Bardh Spahia, passando, posteriormente, a dois dias de debate em torno de quatro temas bastante atuais, nomeadamente a “União Europeia em Tempos de Crise, Solidariedade e o Processo de Alargamento da União Europeia”, “O Corpo Europeu de Solidariedade e a Reciprocidade”, “Juventude e Resiliência” e “A Próxima Geração EU”.

Na sua intervenção na Round Table “Youth and Resilience - The NextGenerationUE”, o Secretário da Vereação do Município de Vila Nova de Cerveira, Bruno Quintas, destacou que "onde há vida, onde há jovens, há atividade económica. E as grandes empresas querem estar onde há atividade económica. Portugal e Vila Nova de Cerveira em concreto, vem perdendo de forma consecutiva jovens qualificados que emigram para outros países, maioritariamente europeus em busca de melhores oportunidades. É demasiado difícil para os jovens de hoje começarem uma carreira profissional e progredirem”. Ao finalizar, Bruno Quintas desafiou os presentes para a importância de se “passar do tema dos jovens e resiliência para o tema dos jovens e eficiência”. E rematou: “O tempo de agir é agora”.

Financiado pelo programa “Europe for Citizens”, o “ResiliEurope - European Citizens, Islands, Territories and Resilience” tem como objetivo promover o diálogo intercultural e a participação dos cidadãos europeus na vida da União Europeia, combinando o conceito de solidariedade com o de resiliência. Pretendem-se construir pontes de cooperação nas soluções entre territórios europeus de pequena dimensão que lutam com os mesmos desafios.




0 comentário
bottom of page