top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

CIM Alto Minho dinamiza seminário sobre arte inclusiva nas Oficinas de Criatividade Himalaya



Seminário intitulado "Arte Inclusiva" tem como finalidade refletir sobre a importância e a dinamização da cultura acessível. Acontece no próximo dia 1 de fevereiro, a partir das 14h30, nas Oficinas de Criatividade Himalaya, em Arcos de Valdevez. A entrada é gratuita.

Esta iniciativa contará com a presença da psicóloga Carina Alves, coordenadora do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação, Diversidade e Inclusão (LEPEDI) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e vencedora, em 2022, do Prémio Confúcio de Alfabetização pela UNESCO e pelo Governo da China. Carina Alves vai apresentar alguns projetos inovadores e boas práticas de integração social pela arte e cultura desenvolvidos no Brasil, nomeadamente com crianças, jovens e adultos, pertencentes a uma comunidade que vive em vulnerabilidade social, e de iniciativas de apoio às mulheres desempregadas na procura ativa de emprego.


Estará também presente a professora universitária Célia Sousa, coordenadora do Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID) do Instituto Politécnico de Leiria e com um vasto e premiado trabalho nas áreas das Tecnologias de Apoio, da Comunicação Aumentativa e da Cultura Acessível. Célia Sousa, que em 2021 foi distinguida pela Direção Regional da Cultura do Centro pelo trabalho desenvolvido no âmbito da acessibilidade cultural e inclusão, é também consultora nestas áreas em Portugal e no estrangeiro.


Promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho), no âmbito do projeto “Inclusão ativa de grupos vulneráveis – Cultura para Todos”, cofinanciado pelo Programa Operacional Regional Norte 2020, através do Fundo Social Europeu, este seminário é aberto à participação pública. Os interessados em assistir devem fazer a sua inscrição através do preenchimento do formulário disponível no site da CIM Alto Minho em www.cimaltominho.pt.


De referir que a dinamização da cultura acessível é uma das prioridades da CIM Alto Minho, salientando-se, ainda, no âmbito do projeto “Cultura para Todos”, o trabalho de diagnóstico que tem vindo a ser desenvolvido para o reconhecimento de barreiras no acesso à cultura, nomeadamente em equipamentos culturais e eventos dos 10 municípios do Alto Minho, e que dará lugar a um relatório com propostas de melhoria e à respetiva divulgação na plataforma Tour4all, uma plataforma de recursos turísticos acessíveis para todos, apoiada pelo Turismo de Portugal, pela Fundação Vodafone e pela European Network for Accessible Tourism.


Paralelamente, estão também a decorrer nos vários concelhos do Alto Minho workshops de sensibilização e ações de capacitação, com o objetivo de promover o acesso físico, social e intelectual à participação cultural, assim como um conjunto de atividades com entidades locais de apoio social e cultural, reforçando o direito de todos os cidadãos acederem à cultura em condições de equidade.



0 comentário

Commentaires


bottom of page