top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

CIM Alto Minho promove seminário sobre o rio Lima e os desafios de atração turística



No próximo dia 30 de novembro, a Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho realiza o seminário “O rio Lima e os desafios do desenvolvimento e atração turística”, integrado no projeto de cooperação transfronteiriça “Fronteira Esquecida Limia-Lima”. Iniciativa terá lugar em Ponte da Barca.

Com início a partir das 09h00, no Auditório Municipal de Ponte da Barca, a iniciativa contempla no seu programa um painel sobre “Desenvolvimento turístico, redes turísticas e coesão territorial”, que terá como intervenientes Cristina Mendes, representante da Entidade Regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal; Susana Ribeiro, diretora geral operacional da Associação de Turismo do Porto - Convention & Visitors Bureau; Cesáreo Pardal, presidente do Cluster de Turismo da Galiza; e António José Correia, coordenador da Rede de Estações Náuticas de Portugal.

Haverá também uma mesa-redonda com operadores turísticos que desenvolvem atividades no Alto Minho, em particular no rio Lima, para partilha de experiências relacionadas com a construção de produtos turísticos integrados para a bacia hidrográfica do rio Lima: Isabel Sousa, da Explore Iberia; Joel Pereira, da Tobogã; Ricardo Viana, da Portugal Active; e Paulo Lopes, da Portugal Green Walks.

A sessão de abertura estará a cargo de Manoel Batista, presidente do Conselho Intermunicipal da CIM Alto Minho; e de Augusto Marinho, presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca.

O programa completo do seminário e o formulário de inscrição estão disponíveis no site da CIM Alto Minho em www.cim-altominho.pt. A inscrição é gratuita.

O projeto “Fronteira Esquecida Limia-Lima”, cofinanciado pelo programa: INTERREG V-A España-Portugal (POCTEP), está a ser dinamizado pela CIM Alto Minho, em conjunto com a Deputación de Ourense (beneficiário principal), a Xunta de Galicia – Património Natural, a Confederação Hidrográfica Miño-Sil e os municípios de Arcos de Valdevez, Ponte da Barca, Ponte de Lima e Viana do Castelo. Tem como principal objetivo proteger e valorizar o património cultural e natural, como suporte de base económica da região transfronteiriça, através da dinamização de atividades que promovam o espaço do rio Limia-Lima como um geo-destino turístico de qualidade e sustentável.


Mais informações sobre o projeto estão disponíveis em https://fronteiraesquecida.eu/.





0 comentário

コメント


bottom of page