top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Comitiva francesa visita Alto Minho para conhecer práticas e gestão das cantinas escolares

Nos dias 13 e 14 de setembro, uma comitiva francesa multidisciplinar da cidade de Avignon, composta por representantes do Município, investigadores e profissionais da área alimentar, realiza uma visita ao território do Alto Minho. A visita insere-se no âmbito do projeto FEAST - Food systems that support transitions to healthy and sustainable diets, que está a ser dinamizado pela Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e pelo Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC), em conjunto com outros parceiros europeus.





cartaz do evento com imagens de animais nos campos e homem a vindimar

O objetivo desta visita, refere nota da CIM Alto Minho, é "partilhar boas práticas do território do Alto Minho e o modus operandi em matéria de compras públicas “verdes” dos municípios, bem como visitar várias cozinhas e cantinas escolares com diferentes modelos de gestão e fornecimento de refeições, com destaque para modelos que incorporam as dietas locais, sustentáveis e os produtos locais produzidos em regimes de qualidade (variedades vegetais regionais e raças autóctones)." A comitiva pretende também entrevistar produtores que fornecem cantinas escolares (valorizando assim a produção e os produtos locais), bem como responsáveis pelas compras públicas e gestão das cantinas.

cartaz com rostos de pessoas e de natureza

Para além das visitas ao território, o programa da visita inclui várias reuniões com representantes de autarquias locais, estabelecimentos escolares, cooperativas agrícolas, associações de pesca, associações de pais, entre outros intervenientes da cadeia de fornecimento das refeições escolares, numa lógica de fomento dos circuitos curtos e de valorização dos produtos e produtores locais, em diversos municípios do Alto Minho.


A comitiva de Avignon inclui Christian Rocci, vereador da Agricultura e Compras Públicas do Município de Avignon; Esther Sanz-Sanz e Claude Napoleone, investigadores do INRAE - Instituto Nacional Francês de Agricultura, Alimentação e Meio Ambiente; Jennifer Macia, representante da Direção da Cozinha Central do Município de Avignon; e Elsa Chiffard-Carricaburu, investigadora do projeto FEAST do Living Lab Avignon.


O projeto FEAST foi aprovado pelo programa Horizonte Europa Pilar II – Cluster 6: Alimentação, bioeconomia, recursos naturais, agricultura e ambiente e está a ser desenvolvido por um consórcio de 36 entidades europeias, entre instituições públicas, empresas, universidades e atores políticos, liderado pela Universidade de Heidelberg, na Alemanha.

No Alto Minho, este projeto, que se apresenta como "um projeto científico inovador e de elevada qualidade internacional, tem como objetivo criar e dinamizar um Laboratório Vivo, promovendo a cocriação de soluções inovadoras para uma alimentação saudável, local e sustentável, envolvendo todos os intervenientes da cadeia de valor, desde os municípios e escolas até aos pequenos agricultores, pescadores e investigadores", especifica.


"A visita da comitiva francesa ao Alto Minho reforça o compromisso da região em participar ativamente na promoção de práticas alimentares saudáveis e sustentáveis, contribuindo para um futuro mais justo, equitativo e ambientalmente responsável.", conclui.

Esta iniciativa está inserida no projeto “PA9. Enogastronomia: Sabores, ofertas e conhecimento”, do PROVERE Minho Inovação – Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos, aprovado pelo Norte 2020, do qual faz parte o III Congresso de Enogastronomia “Amar o Minho”, que ocorrerá nos próximos dias 25 e 26 de setembro, em Caminha.



0 comentário

Comments


bottom of page