top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

“Conversas na Escola” junta várias personalidades em Arcos de Valdevez



Este sábado, 21 de janeiro, a Casa das Artes de Arcos de Valdevez acolhe a 3ª edição da iniciativa "Conversas na Escola", com os convidados Pedro Abrunhosa, Henrique Carvalho, Tiago Brandão Rodrigues e Luís Zagalo. O evento tem início às 18 horas e moderação de António Teixeira Rodrigues.


A organização deste evento é da responsabilidade do Conservatório de Música e Dança de Arcos de Valdevez e vai colocar em reflexão e dinamizar temas chave da sociedade, nomeadamente as dinâmicas da Cultura e da Educação. Com a presença destas personalidades de reconhecido mérito nas áreas que representam, "pretende-se construir um diálogo com o público presente, num contexto informal e de proximidade."


O presidente da direção do Conservatório, Nuno Brito, destaca a importância que as artes têm no desenvolvimento das crianças e jovens. “As artes, no geral, são sempre um fator muito importante no crescimento e desenvolvimento psicológico e social das crianças e jovens. Nesta iniciativa que vamos realizar, o objetivo é que os convidados possam partilhar as suas experiências e que o público possa perceber a importância que a música, o teatro, a dança têm na educação dos seus filhos e encarregados de educação”, explica.


Com o projeto “Conversas na Escola”, o Conservatório de Música e Dança de Arcos de Valdevez pretende: desenvolver um plano de debate aberto e coletivo nos domínios da Educação Musical e Teatral; reforçar a parceria com o Agrupamento de Escolas de Arcos de Valdevez, aprofundando o papel que a música e as artes performativas podem ter no crescimento e aprendizagem dos jovens do concelho; envolver alunos, docentes, discentes, famílias e comunidade, para o desenvolvimento do gosto pela área artística e pela discussão sobre o seu papel no desenvolvimento das sociedades atuais; valorizar a arte como forma de conhecimento; incentivar a dimensão estética da educação através da apropriação da linguagem artística; sensibilizar as famílias para o papel da arte na formação do ser humano e para a sua relação com as outras áreas do saber, assim como estimular o conhecimento do património cultural e artístico como processo de afirmação da cidadania e um meio de desenvolver a literacia cultural.


Durante o evento haverá ainda tempo para alguns momentos musicais e várias surpresas.


O Conservatório de Música e Dança de Arcos de Valdevez tem 223 alunos, dos quais 91 são alunos do ensino articulado.







0 comentário

Commentaires


bottom of page