top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Coordenador do micro-ondas "amigo" dos idosos apresenta novas funcionalidades

Um sistema de voz incorporado, uma plataforma de armazenamento de dados e um tabuleiro com sensor de temperatura são as três novas funcionalidades introduzidas pelos investigadores dinamarqueses e austríacos no micro-ondas considerado "amigo" dos idosos, no âmbito do projeto europeu PREPARIO, do qual faz parte o Município de Vila Nova de Cerveira.





grupo de trabalho reunido numa sala

A autarquia de Vila Nova de Cerveira adiantou hoje que a segunda fase dos testes avança em abril e "pretende alcançar um maior número de idosos e consolidar o envolvimento das IPSS’s que têm contribuído com sugestões para o aperfeiçoamento deste equipamento."


Concluída com sucesso a primeira fase de testes com 25 seniores do concelho, o Município de Vila Nova de Cerveira e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa - os dois únicos parceiros europeus afetos ao PREPARIO – vão alargar a mais pessoas a experiência tecnológica de preparação conectada e automatizada de alimentos. O coordenador dinamarquês e os parceiros austríacos e portugueses do projeto reuniram-se, esta segunda e terça-feira, em Vila Nova de Cerveira, para fazer um ponto de situação da aplicação deste micro-ondas adaptado, além de delinear os próximos passos.

 

"Das sugestões recolhidas, o termómetro testado até ao momento suscitou algumas dúvidas com a possibilidade de perda daquela pequena sonda de temperatura sem fio, pelo que os investigadores afetos ao projeto já apresentaram uma solução mais prática: será testado um tabuleiro com sensor de temperatura integrado. Entretanto, e durante este meeting internacional de coordenadores e parceiros ficou ainda acordada a testagem do EMA Home – sistema de voz incorporado com conectividade direta a uma App associada à entidade que presta apoio ao utente", explica ainda em nota de imprensa.

 

"Trata-se de um assistente de voz digital, amigável ao usuário e adaptado para idosos, que dará ‘voz’ ao micro-ondas adaptado, servindo como feedback acústico e podendo, por exemplo, lembrar que a refeição está pronta, entre outras questões pré-definidas", detalha. "Garantindo o anonimato, os dados referentes ao processo de preparação de refeições são armazenados, diariamente e em tempo real, numa plataforma da instituição e usados para estruturar relatórios e alertas úteis para prestadores de cuidados e serviços de alimentação, permitindo assistência oportuna e crítica", acrescenta.

 

Estas três novas funcionalidades vão ser testadas a partir do mês de abril, fazendo uma demonstração das vantagens de saúde, segurança a e autonomia da tecnologia utilizada no micro-ondas PREPARIO comparativamente com um equipamento normal. No final, em julho, será elaborado um relatório com a informação recolhida in loco junto das pessoas potencialmente beneficiárias e suas famílias e/ou cuidadores.

 

A alimentação de muitos idosos europeus depende da entrega de refeições ao domicílio, através de instituições de solidariedade social ou de empresas privadas. No entanto, muitas vezes o aquecimento da comida é inadequado, sendo insuficiente ou sobreaquecido, prejudicando a experiência alimentar, mas também aumentando os riscos de desnutrição e outras doenças graves – quer pela sua degradação nutritiva, quer pela não ingestão. Assim, com a solução PREPARIO, pela primeira vez, a temperatura da comida é medida durante o aquecimento por micro-ondas e usada para o controlar de forma totalmente automatizada, permitindo um resultado programado e consistente à temperatura ideal, garantindo a qualidade dos alimentos.

 

Com um investimento de 1.2ME, cofinanciado pela Comissão Europeia e pela Fundação de Ciência e Tecnologia, o projeto europeu PREPARIO - Connected and Automated Food Preparation Platform, enquadrado no Programa AAL - Active Assisted Living Programme (http://www.aal-europe.eu/), conta com coordenação de Senserna (Dinamarca), e como parceiros Exthex GmbH (Áustria), Joanneum Research. (Áustria), Det Danske Madhus A/S (Dinamarca), o Município de Vila Nova de Cerveira (Portugal) e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (Portugal).




 

0 comentário

Comments


bottom of page