top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Estudo sobre turismo nas áreas protegidas é apresentado amanhã na Universidade do Minho

A Universidade do Minho e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) revelam esta quarta-feira, 21 de junho, um conjunto de soluções face aos impactos das alterações climáticas e do turismo em áreas protegidas, nomeadamente nos parques da Peneda-Gerês, Alvão e Litoral Norte.




mulher fotografando um parque natural com uma ponte a atravessar o rio

Trata-se da sessão final do projeto científico CLICTOUR, apoiado pelo Programa Norte2020, e que junta, a partir das 9h30, decisores, académicos e cidadãos na Escola de Economia e Gestão da UMinho, em Braga.

A abertura conta com as intervenções do vogal da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-Norte), Humberto Cerqueira, e do vice-reitor para a Investigação e Inovação da UMinho, Eugénio Campos Ferreira.

Os resultados e um vídeo do CLICTOUR vão ser depois apresentados pelos investigadores Rita Sousa, do Núcleo de Investigação e Políticas Económicas (NIPE), e António Vieira, do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), ambos da UMinho. O projeto durou dois anos e teve cerca de 500 mil euros de financiamento.

duas mulheres em roupa de praia junto ao rio, onde se avista uma aldeia ao fundo
Parque Nacional Peneda-Gerês

"Após a detalhada análise turística e a identificação de incêndios florestais, da erosão costeira e de eventos extremos, entre outros, a equipa definiu agora estratégias de adaptação para um turismo resiliente às mudanças climáticas", refere a UMinho em comunicado. "Nos três parques estudados elencou-se também a biodiversidade da fauna e da flora e o património geológico único, que podem afirmar o desenvolvimento económico local e o turismo de base natural", explica.

A sessão final inclui ainda às 11h15 uma mesa redonda com Marco Sousa (Turismo Porto e Norte de Portugal), Paulo Lopes (Portugal Green Walks), Alexandra Roeger (Município de Esposende) e Paula Remoaldo (Instituto de Ciências Sociais da UMinho). O encerramento é uma hora depois, pela diretora regional do ICNF, Sandra Sarmento. A entrada é livre.

programa do evento com intervenções e horário
Programa

O projeto tem o portal clictour.pt.






0 comentário

Комментарии


bottom of page