top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Exposição "50 anos de Expresso" patente até 10 de julho em Viana do Castelo

Inaugurou esta quinta-feira, no Passeio das Mordomas da Romaria, a exposição comemorativa dos “50 anos de Expresso”, que fica patente em Viana do Castelo até dia 10 de julho. O Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, inaugurou a mostra na companhia de Mónica Balsemão, Diretora de Marketing, Comunicação e Criatividade do Grupo IMPRESA, e do Diretor do Expresso, João Vieira Pereira.




mupis com capas de jornal Expresso com notícias numa rua

“O Expresso é um órgão de comunicação nacional que está numa atitude de descentralização, percorrendo o país, mostrando o que foram 50 anos da sua história. É também uma marca ao qual nos quisemos associar, valorizando a evolução da informação na vida democrática do país”, indicou o autarca vianense. “Muitas das preocupações das notícias nestes últimos 50 anos continuam a ser bem atuais”, vaticinou Luís Nobre, considerando ser “um privilégio receber o Expresso na nossa cidade”.

pessoas vendo uma exposição sobre capas de jornais

Também o Diretor do Expresso destacou “o encontro com a história mais recente de Portugal, que se cruza com a história do Expresso ao longo destes 50 anos”. “Ao longo destas cinquenta primeiras páginas relembramos aquilo que foi a história do país nestes últimos cinquenta anos, sendo que 49 deles foram já em democracia”, realçou.

João Vieira Pereira referiu ainda que esta exposição itinerante tem permitido “tirar o Expresso das grandes cidades”, visando “sair deste centralismo e percorrer o resto do país”.

três homens e uma mulher junto a uma exposição na rua

Nesta exposição, de acesso livre, vianenses e visitantes podem ver algumas das primeiras páginas mais emblemáticas destas cinco décadas de Expresso. A exposição é composta por 27 mupis onde se conta a história do país e do mundo nestes últimos 50 anos através das capas do Expresso, recorrendo a um sistema áudio onde, através de um QR Code, se poderá ouvir a história do país e do mundo pela voz de jornalistas do semanário.


A exposição está a percorrer todo o país. Ao longo deste ano, está a apresentar-se nas diversas capitais de distrito, num convite à leitura, à celebração do jornalismo e à descoberta da história.

exposição junto aos Antigos Paços do Concelho e chafariz

Foi ainda inaugurado, na Praça do Eixo Atlântico, o Banco Expresso, que ficará como marca desta iniciativa na cidade. O banco tem três metros de comprimento, com a lotação de seis lugares, decorado com capas emblemáticas do jornal. Foi desenhado e produzido pela Antarte e terá wi-fi disponível, para que os utentes possam ler tranquilamente as notícias do dia no telemóvel.

banco com capas de jornal e uma escultura com uma árvore

“O banco é muito confortável, além de contar com um design atual muito contemporâneo e de estar instalado num espaço muito adequado da cidade”, considerou o autarca.

pessoas sentadas num banco forrado a capas de jornal, com uma escultura de árvore sem folhas, em metal dourado



0 comentário

Comments


bottom of page