top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Física que ajuda a prevenir acidentes cardiovasculares

O projeto europeu «Blood2Power», no qual participa uma equipa do Instituto de Física dos Materiais Avançados, Nanotecnologia e Fotónica da Universidade do Porto (IFIMUP), sediado na FCUP, conquistou recentemente um financiamento de quase três milhões de euros atribuído pelo Conselho Europeu de Inovação (EIC) Pathfinder Challenge, no âmbito do programa Horizonte Europa.




Homem de camisa azul ao lado de um de camisa cinza

Esta investigação pretende desenvolver dispositivos médicos vasculares inteligentes capazes de enviar alertas antes das falhas se verificarem, permitindo, assim, uma intervenção médica precoce e evitando um novo evento cardiovascular. Para alcançar esta tecnologia pioneira, a equipa do IFIMUP vai criar novos nanogeradores triboelétricos biocompatíveis (TENG), que convertem a energia mecânica do corpo em energia elétrica. Neste trabalho, estão envolvidos os investigadores João Ventura e André Pereira, do Departamento de Física e Astronomia da FCUP, a estudante de doutoramento Cátia Rodrigues e Carolina Silva, mestre em Física.

Liderado por uma equipa do Instituto de investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S), este consórcio integra ainda a Universidade de Navarra, em Espanha, e a Universidade Médica de Viena, na Áustria – e pretende diminuir a mortalidade causada por doenças cardiovasculares, que é de 16,8 milhões de óbitos/ano em todo o mundo.

A FCUP participa ainda no projeto Blood4energy, financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT), e que teve início a 1 de fevereiro deste ano. Esta investigação visa explorar diferentes fontes de energia para dispositivos electrónicos cardíacos.

por Faculdade de Ciências da Universidade do Porto





0 comentário

Comments


bottom of page