top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

GNR vai realizar operação "Censos Sénior 2023" durante todo o mês de outubro

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realiza, durante todo o mês de outubro, em todo o território nacional, a Operação “Censos Sénior 2023”, no âmbito do policiamento comunitário, a qual visa garantir um conjunto de ações de patrulhamento e de sensibilização à população mais idosa, com o objetivo de sensibilizá-las para comportamentos de autoproteção de segurança e reforçar o sentimento de segurança.




militar da GNR a conversar com casal de idosos num banco de jardim

Em comunicado, a GNR explica que "este conjunto de ações encontram-se enquadradas no período em que ocorre a celebração do Dia internacional do Idoso, a 1 de outubro e onde os cerca de 400 militares das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário distribuídos por todo o País, com o apoio e a sinergia dos vários parceiros locais e nacionais, vão privilegiar a proximidade junto da população idosa e com maior vulnerabilidade, e/ou que vivem sozinhas e/ou isoladas." O objetivo destas ações é "reforçar os comportamentos de segurança que permitam reduzir o risco dos idosos se tornarem vítimas de crimes, nomeadamente em situações de violência, de burla e furto."


A Guarda considera que "continua a ser fundamental alertar as pessoas idosas para os procedimentos de autoproteção em situações de violência, burlas, conto do vigário e furto em residências, assim como prevenir comportamentos de risco associados ao consumo de álcool e combater o isolamento social, identificar cuidadores informais e capacitação de adultos para utilização da internet."


Em 2022, no âmbito da mesma operação, a Guarda sinalizou 44.511 idosos que vivem sozinhos e/ou isolados, ou em situação de vulnerabilidade, em razão da sua condição física, psicológica, ou outra que possa colocar em causa a sua segurança, "tendo sido as situações de maior vulnerabilidade reportadas às entidades competentes, sobretudo de apoio social, no sentido de fazer o seu acompanhamento futuro", frisa.


De acordo com os dados disponibilizados por aquela Força de Segurança, os três distritos onde foram identificados mais idosos em situação de vulnerabilidade no ano passado são: Vila Real (5353), seguido do distrito da Guarda (5243) e do distrito de Viseu (3586).


Na referida edição de 2022, a GNR realizou ainda 305 ações em sala e 3017 ações “porta a porta”, abrangendo um total de 26.527 idosos.


A Guarda, desde 2011, ano em que foi realizada a primeira edição da Operação “Censos Sénior”, sublinha que "tem vindo a atualizar a sinalização geográfica desta população, proporcionando assim um apoio mais próximo e dirigido, contribuindo, por um lado, para a criação de um clima de maior confiança e de empatia entre os idosos e os militares da GNR e, por outro, para o incremento do sentimento de segurança."


Esta operação da Guarda, encontra-se integrada no programa “Apoio 65 – Idosos em Segurança” do Ministério da Administração Interna, o qual visa, através da ação das Forças de Segurança, garantir melhores condições de segurança e tranquilidade às pessoas idosas, garantindo um policiamento integrado, mais próximo e humano.


"A Guarda Nacional Republicana através desta Operação, reforça o seu compromisso com a população idosa, garantindo a proximidade e a empatia, visando cuidar e GUARDAr."






0 comentário

Comments


bottom of page