top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Investimento de quase 1 M€ amplia pavilhão e aumenta postos de trabalho de empresa em Viana



O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e o diretor executivo da Portilame – Engenharia e Madeira, Lda. assinaram hoje um contrato de investimento para que a empresa vocacionada para a área da construção de estruturas de madeira e compra e venda de derivados de madeira, importação e exportação de madeira e afins, leve a cabo a ampliação de pavilhão, numa empreitada que ascende a quase 1 milhão de euros, anunciou hoje a Autarquia vianense.

O contrato, apoiado no âmbito do Regime de Incentivos ao Investimento Económico da autarquia, prevê uma empreitada com “inovação ecológica, contribuindo para a sustentabilidade do planeta” e vai gerar mais 6 postos de trabalho na Zona Industrial de Neiva – 2ª fase.


Assim, de acordo com o documento hoje assinado pelo autarca Luís Nobre, "a Câmara Municipal de Viana do Castelo concede à Portilame a isenção total do pagamento das taxas devidas pelo licenciamento da operação urbanística, bem como as demais taxas que sejam devidas por alterações/aditamentos ao projeto." A Câmara Municipal apoiará e acompanhará o projeto de investimento, nomeadamente através da agilização do processo de licenciamento.

O contrato de investimento deverá ser concretizado no prazo máximo de um ano, contado da data de emissão do alvará de construção, mantendo a empresa as instalações em funcionamento por um período nunca inferior a 10 anos, contado da data de início da laboração.


De acordo com o CEO da Portilame, Luís Rocha, o projeto «PORTILAME i4.0 Modular Timber Construction» implica a aquisição dos equipamentos produtivos e tecnologias de suporte necessárias para o fabrico de módulos pré-definidos por encaixes para construções modulares em madeira, fornecidas em kit e aptas a serem instaladas pelo cliente ou terceiros.


"Com este projeto, a PORTILAME evolui para um modelo de fabrico para resposta ágil e flexível às dinâmicas da procura (Quick Response), reduzindo os ‘lead-times’ de fabrico e montagem face ao modelo atual, com elevada consistência de serviço e de qualidade de fabrico.", lê-se no comunicado de imprensa do município. O novo modelo de negócio, com integração a jusante na cadeia de valor, será orientado para o rápido desenvolvimento colaborativo com os clientes na personalização dos produtos e no desenvolvimento de novos produtos, tendo por base as novas capacidades de modelação e fabrico proporcionado pelas ferramentas CadWork e máquina CNC K2i, suportando a interatividade com clientes através da internet (plataforma e-commerce).

Destaque para os investimentos numa máquina CNC com 36 metros de comprimento por 8 metros de largura. A máquina CNC K2i e respetivos equipamentos de suporte, integrados com o software CadWork, permitem o fabrico de módulos pré-definidos por encaixes para construções modulares em madeira com um maior nível de definição, precisão e encaixe para uma montagem mais fácil e intuitiva, tipo lego. Esta nova infraestrutura produtiva é ativada com a engenharia de processos em conjunção com as ferramentas de simulação das construções modulares em madeira (CadWork) e a aplicação para o desenvolvimento de produto colaborativo com os clientes (plataforma e-commerce), configurando um sistema «Smart Factory».


Também em destaque, o autoclave para o tratamento da madeira, contribuindo para a redução da dependência de terceiros. Esta opção tem como grande vantagem a possibilidade de tratar a madeira depois de mecanizada, poupando no tratamento, isto é, a PORTILAME só fará tratamento da madeira que é específico para a obra.






0 comentário

Comments


bottom of page