top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Jornada Mundial da Juventude: Autarca de Cerveira apela a medidas de "segurança sem barreiras"

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira afirma que vai estar “atento” à reunião, desta sexta-feira, entre o Ministro da Administração Interna de Portugal e o homólogo espanhol, na qual vai ser abordada a reposição do controlo de fronteiras terrestres durante a Jornada Mundial da Juventude, que se realiza em Lisboa, de 1 a 6 de agosto.





mulher e homem sentados com as mãos em cima da mesa

Rui Teixeira manifesta-se expectante” de que os governos não avancem com esta “medida contraditória à dinâmica dos territórios transfronteiriços, considerados de baixa densidade, e que já foram severamente prejudicados durante o período da pandemia Covid-19”.

“Queremos segurança sem barreiras”, assegura Rui Teixeira, também vice-diretor do Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial do Rio Minho (AECT Rio Minho). “Se continuadamente andamos a lutar, a nível europeu, pelo rompimento das fronteiras físicas entre países, não faz sentido implementar medidas que indicam um retrocesso da livre circulação de pessoas, além de causar transtornos ao turismo e economia local”, sublinha.

Este cenário de controlo de fronteiras traz “más memórias” devido ao forte impacto na rotina diária dos cidadãos da raia minhota e já começa a gerar motivos de muita preocupação entre trabalhadores transfronteiriços e empresários”.Falo do caso concreto da Eurocidade Cerveira-Tomiño, em que ambas as populações fazem o seu dia a dia normalmente num território comum, a nível profissional ou de convívio/lazer. A Ponte da Amizade é encarada como uma travessia como outra qualquer, entre o Porto e Vila Nova de Gaia, entre Lisboa e a Margem Sul…”, reforça Rui Teixeira.

De relembrar que a possibilidade de reposição do controlo fronteiriço em Portugal foi uma das primeiras preocupações levantadas pelas novas provedoras transfronteiriças da Eurocidade Cerveira-Tomiño apresentadas, a 10 de março, em sessão pública. Ana Fernández Ordóñez e Maria Manuela Ferreira chegaram mesmo a solicitar esclarecimentos ao Ministério da Administração Interna, “de forma a obter informação fiável e clara sobre este tema, nomeadamente quais as medidas que vão ser adotadas e como pretendem evitar os prejuízos para a cidadania transfronteiriça”. Sem qualquer resposta por parte do Governo de Portugal ao pedido endereçado, as provedoras transfronteiriças frisaram a necessidade de evitar o “cenário de alarme social” vivido em 2017, aquando da vinda do Papa Francisco para o Centenário das Aparições de Fátima.

A Jornada Mundial da Juventude vai realizar-se em Lisboa, entre os dias 1 e 6 de agosto, com a presença do Papa Francisco e deverá contar com cerca de 1,5 milhões de pessoas.





0 comentário

Comments


bottom of page