top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Livro "Nunca Pares", de Emanuel Mendes, vai ser apresentado, este sábado, em Cerveira

A Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira acolhe, dia 4 de novembro, pelas 10h30, a apresentação do livro “Nunca Pares”, da autoria de Emanuel Mendes, que descreve a experiência pessoal ao longo dos Caminhos de Santiago e de Fátima, onde “há uma vida de conhecimento, aventuras e caminhos pela frente”.




capa do livro

Emanuel Mendes descobriu os Caminhos de Santiago, em 2016, tendo inicialmente optado por percorrer o Caminho Central Português, a partir de Lisboa, seguindo-se o Caminho Central Português, Lisboa - Fátima, Porto - Fátima, Caminho Português pela Costa, Caminho Francês, Aveiro – Fátima e Tomar - Fátima - Santiago de Compostela - Muxia - Fisterra.

Ao longo da obra escrita em forma de diário de viagem, os diversos capítulos abordam como surgiu a ideia de percorrer estes Caminhos, uma breve abordagem histórica, a simbologia associada ao Caminho de Santiago, o planeamento e os ensinamentos aprendidos, mas também um conjunto de vivências do autor que podem servir como “um guia para o peregrino e um auxiliar de motivação para diversas situações da vida pelas narrações partilhadas”.

O título do livro ‘Nunca Pares’ é um ensinamento para aproveitar cada momento no presente. “Há demasiado tempo perdido a recordar o passado e a planear o futuro. Percorrendo as páginas desta obra, percebemos que a narrativa é clara, com referências geográficas e históricas rigorosas, faz-nos percorrer cores e aromas de cada lugar, evidenciando a sua tradição, a sua gastronomia, e as suas gentes”, refere Emanuel Mendes.

Emanuel Mendes, natural de Lisboa, iniciou a sua carreira militar aos 18 anos, enquanto voluntário na Marinha na especialidade de Fuzileiros, tendo realizado o curso de formação de oficiais. Atualmente, o autor trabalha como piloto de linha aérea com a especialização em Boeing 767. Em 2016, iniciou a descoberta dos Caminhos de Santiago, tendo inicialmente optado por percorrer o Caminho Central Português, a partir de Lisboa.




0 comentário

Σχόλια


bottom of page