top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

"Lourear a Pevide" regressa às tascas e restaurantes de Ponte de Lima

O Lourear a Pevide está de regresso às tascas e restaurantes de Ponte de Lima, numa rota que atravessa vários lugares da vila desfrutando de um copo de Vinho Verde Loureiro e de um petisco. O evento decorre entre 22 de setembro e 22 de outubro.




vinho a copo e petiscos sobre uma mesa

A 3ª edição do roteiro enogastronómico destaca o Vinho Verde Loureiro, produto de qualidade produzido na região. O Lourear a Pevide "visa incentivar hábitos de consumo e conquistar novos consumidores de vinho a copo."


"São 23 cartões-de-visita do melhor que se produz em Ponte de Lima, sempre com o vinho da casta Loureiro como ponto de partida para um festim enogastronómico", destaca o Município limiano em nota de imprensa. "O Lourear a Pevide é 100 por cento limiano. São as suas raízes, a sua identidade que nos chegam. Os aromas, os sabores, o empratamento funde-se com as colheitas produzidas no concelho, com os seus toques cítricos e florais, alguma acidez que despertam os sentidos a pratos como um pastel liminar, criações à volta do bacalhau, desde o típico bolinho a um pão recheado e cremoso", descreve.


Há pratos com passagem pelo forno, como o arranque do outono já pede, como cabrito, folar tostado com lombo do cachaço, ou até folhadinhos de queijo com doce de abóbora. O leitão também chega à mesa, as batatas bravas, pimentos e tortilhas com cebolada, e tábuas de queijos e enchidos. E há vinho, claro! Da casta Loureiro. "É uma viagem por todos os pedaços, por todas as vinhas do concelho. E não se esqueça que cada espaço tem a sua história, tem a sua decoração pitoresca, as suas vivências, tem um sorriso à sua espera." São vinhos e petiscos à moda de Ponte de Lima, para conhecer, descobrir de 22 de setembro a 22 de outubro na Vila Mais Antiga de Portugal e ao preço de 3,5 euros em mais um Lourear a Pevide.


Tal como na edição anterior há prémios associados aos melhores caçadores dos tesouros limianos. O primeiro é um fim de semana aos Açores para duas pessoas; se conquistar o segundo prémio prepare-se para uma experiência sensorial no Bom Jesus de Braga, e o terceiro é um passeio num elegante cavalo numa terra onde o desporto equestre valoriza as tradições do seu povo. Para ficar habilitado é preciso juntar dez carimbos – pedir para carimbar a brochura referente à edição do evento deste ano em cada visita a um dos estabelecimentos –, colocar o mesmo folheto na tômbola existente na Loja Interativa de Turismo, de Ponte de Lima, existente na Torre da Cadeia Velha, em pleno centro histórico, e fica, automaticamente habilitado a um dos três prémios.


Mais informações em: www.cm-pontedelima.pt .




0 comentário

Yorumlar


bottom of page