top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Luís Ferreira apresenta o seu mais recente livro em Cerveira

“282 – O Último Caminho Será Sempre o Primeiro” vai ser apresentado, este sábado, 1 de julho, às 11h00, na Biblioteca Municipal de Vila Nova de Cerveira. Trata-se do mais recente livro de Luís Ferreira, o primeiro em literatura de viagens por relatar a viagem de bicicleta a Santiago de Compostela.




capa do livro com caminho em terra batida e símbolo do Caminho de Santiago com concha dourada

Por vontade do autor, Vila Nova de Cerveira foi o concelho escolhido para acolher esta sessão pública a abranger todo o Alto Minho e Baixo Minho Galego.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira é uma honra ter a presença deste “conceituado autor e entusiasta do Caminho de Santiago, com uma história de vida fundida a uma singular vivência do Caminho de Santiago”. Rui Teixeira sublinha que “o executivo municipal está, desde a primeira hora, empenhado, em dar o devido contributo para potenciar o Caminho Português da Costa, e o facto de ter sido eleito para receber esta apresentação é um reconhecimento do trabalho desenvolvido e uma motivação para o continuar”.

A dedicação de Luís Ferreira ao Caminho de Santiago já lhe valeu diversas homenagens na Galiza e em Portugal, onde é unanimemente conhecido como o maior autor nacional de ficção sobre este tema. Além dos seus trabalhos de investigação e divulgação sobre a temática, em 2020, aproveitando a pausa devido à pandemia Covid-19, Luís Ferreira decide frequentar três cursos de reconhecimento académico sobre o Caminho de Santiago e o fenómeno Jacobeu, realizados com a parceria Miriadax/Universidade de Santiago de Compostela.

Depois de ter percorrido os Caminhos de Santiago a pé por mais de 20 vezes, Luís Ferreira aceita o desafio lançado por um amigo e juntos rumam a Santiago, mas, desta feita, de bicicleta. O percurso escolhido é o Caminho Português da Costa, com início em Vila Nova de Gaia. Ao longo de uma semana conhecem inúmeras localidades, pessoas, monumentos, culturas, lendas e tradições e enfrentam as agruras e os cansaços do dia a dia.

Num registo muito pessoal e intimista, Luís Ferreira traz-nos um livro completamente diferente dos anteriores. Em “282 – O Último Caminho Será Sempre o Primeiro” encontra-se o peregrino que se esconde atrás do autor, convidando o leitor a viver as mesmas fortes emoções, sem filtros ou barreiras.

Luís Ferreira nasceu no Barreiro e vive atualmente em Alcochete. Iniciou a sua atividade literária em 2007, com a publicação de um livro de poesia por ano, até 2011. Em 2012, a sua carreira literária toma outro rumo ao descobrir e percorrer o Caminho de Santiago. Essa paixão reflete-se no primeiro livro de prosa que publica, em 2013, “Entre o Silêncio das Pedras”, que já conheceu quatro edições. Em 2014 o livro é editado no Brasil e em 2021 na Polónia. Depois deste romance, Luís Ferreira publicou “Diário de Xavier Lopes”, mais tarde em coautoria, “Olhares de um peregrino de Santiago” e, em 2016, “O Peregrino”, romance que chega à 3ª edição no presente ano.

Em 2018 publicou o seu primeiro thriller, intitulado “A Sombra da Verdade”. Em 2020 regressa à publicação de um romance puro sobre o Caminho de Santiago, cujo título é desde logo um convite à reflexão interior e surge o "Porque caminhas?". Após ter realizado mais de 20 caminhos a pé, decide em junho de 2022 realizar uma vez mais o Caminho da Costa e escreve o seu mais recente livro e primeiro em literatura de viagens “282 – o último caminho será sempre o primeiro”, lançado em abril de 2023.




0 comentário

Comments


bottom of page