top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

"Noite dos Medos", em Melgaço, adiada devido às condições climatéricas

O momento alto do evento “Noite dos Medos”, em Melgaço, foi adiado em virtude das condições meteorológicas adversas previstas para a noite de 28 de outubro, informou hoje a autarquia. Prevê-se que o evento seja reagendado para dia 11 de novembro, no entanto, esta situação está pendente do estado do tempo que se fizer sentir naquela altura.




cartaz do evento com uma boneca assustadora, um lobo à lua cheia, e uma barra vermelha a dizer "EVENTO ADIADO!"

«Queremos que, tal como nas últimas edições, seja um momento em que as pessoas se possam divertir. E, de facto, as condições meteorológicas previstas não iriam proporcionar um ambiente de diversão», considera Manoel Batista, o autarca de Melgaço, lamentando o transtorno que a situação causará em todos os que ansiavam pelo evento, mas também para o tecido empresarial, na medida em que este é, hoje, um evento incontornável para a economia local. O evento “Noite dos Medos” acontece desde 2017 e surge da necessidade de proporcionar animação em épocas baixas, e, simultaneamente, criar condições para a divulgação de crenças e contos, relacionados com a temática do “oculto”, que fazem parte da cultura da comunidade de Melgaço.

A NOITE DOS MEDOS 2023


Serões dos medos, bruxas, poções do além e outras mezinhas prometem “aterrorizar” Melgaço para mais uma “Noite dos Medos”. A grande adesão que o evento tem tido nos últimos anos levou a que a autarquia deixasse a Casa da Cultura como palco para o arranque da noite, acontecendo agora no Largo Hermenegildo Solheiro, em frente à Câmara Municipal, no centro da vila melgacense. Todos são convidados a vestir-se a preceito para celebrar o oculto e participar nas várias atividades que a autarquia preparou. O Welcome Drink dos Medos marca sempre o arranque da terrível noite, seguindo-se a apresentação do Concurso dos Medos, este ano subordinado ao tema “Bruxas & Feiticeiros” (categoria escola) e “Acompanhamento” (categoria grupo).

bruxa veestida de branco, com a cara arranhada, segurando um bebé no colo

Segue-se o Cortejo dos Medos, um percurso até ao Cemitério dos Medos, no Castelo de Melgaço, este ano com um novo itinerário: nesta edição a autarquia quer centrar a atividade o mais junto possível do centro histórico, fazendo da vila um verdadeiro cenário de terror. O percurso: Largo Hermenegildo Solheiro - Rua Dr.º António Durães - Largo da Calçada - Rua Direita – Castelo de Melgaço.

pessoas vestidas de preto com máscaras brancas, transportando um caixão

Já no castelo de Melgaço, o público poderá assistir à Queimada Galega & Esconjuro das Bruxas, seguindo-se um deslumbrante espetáculo de fogo. Também aqui, pela primeira vez, haverá animação musical com DJ's.

castelo com pessoas reunidas fora

Tal como nas edições anteriores, a programação do evento “NOITE DOS MEDOS” estende-se no calendário para além do dia principal, com atividades complementares e diversificadas a decorrerem na Casa da Cultura de Melgaço.


A exposição “Máscaras do Diabo”, da autoria de Carlos Ferreira, está patente na Casa da Cultura até dia 22 de novembro. Entretanto, já se realizaram sessões de cinema, a 14 de outubro, os mais pequenos foram convidados a ouvir o conto “Histórias de arrepiar”, a 21 de outubro, e na passada sexta-feira, 20 de outubro, decorreram os Serões dos Medos, este ano sob a temática “Prenúncios de Morte”.

crianças ouvindo atentas uma mulher a contar uma história, ao lado de um fantasma

Os serões caracterizam-se por momentos culturais e recreativos que promovem a exposição de temáticas associadas às histórias de fenómenos que assombram, relacionadas, com o sobrenatural. Pretende-se com esta ação, por um lado, promover uma abordagem científica às temáticas do oculto, com recurso à interpretação por parte de investigadores destas matérias e, de um modo mais recreativo, juntar relatos arrepiantes daqueles que já vivenciaram episódios sobrenaturais.


Dirigida pelo professor Albertino Gonçalves e com relatos de histórias em 1ª pessoa, a iniciativa assume-se como uma ação de promoção e valorização de aspetos culturais de Melgaço relacionados com as temáticas do sobrenatural.

pessoas num anfiteatro assistindo a uma projeção de filme num ecrã



0 comentário

Comments


bottom of page