top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Noite Europeia dos Investigadores é celebrada sexta-feira em Braga

O Altice Forum Braga acolhe a 29 de setembro, das 16h00 às 24h00, 77 atividades gratuitas para miúdos e graúdos descobrirem ciência, no âmbito da Noite Europeia dos Investigadores (NEI).




jovens espreitando para um microscópio ótico eletrónico

A iniciativa da Escola de Ciências da Universidade do Minho (ECUM) junta mais de 400 investigadores, docentes, alunos e técnicos. O evento tem o tema “Ciência para Todos – Inclusão e Sustentabilidade” e a abertura oficial é às 17h00, com a presença da Vereadora do Município de Braga, Olga Pereira, e do Presidente da ECUM, José González-Méijome, entre outras figuras.

Durante oito horas, os visitantes poderão ver inovações recentes da UMinho ao longo dos expositores, como baterias feitas com materiais biodegradáveis, nanopartículas de ouro que detetam doenças e poluentes ou novas espécies costeiras. Esta “festa da ciência” inclui também experiências interativas, um quizz sobre flores nativas, várias demonstrações e workshops, cruzando as áreas de Biologia, Geologia, Física, Matemática, Optometria, Química, Saúde, Biotecnologia, Têxteis e Psicologia. Consulte o programa em bit.ly/neibraga.

Está em destaque ainda uma mostra de ciência com 24 projetos de escolas básicas e secundárias de Amarante, Braga, Barcelos, Esposende, Famalicão, Guimarães e Vila Verde, integradas na Rede de Clubes Ciência Viva e parceiras da ECUM. Os alunos vão apresentar projetos que criaram no ano letivo, como “Mapear o Universo”, “F1 nas Escolas”, “Robôs em ação”, “Maquete Ascensor Bom Jesus” ou “O problema do lixo espacial”. O programa prevê igualmente bancas de outras entidades, como o INL, o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, o Laboratório da Paisagem e os Centros Ciência Viva de Braga e Guimarães.

jovem de camisola verde experimentando óculos de VR

“As pessoas vão interagir diretamente com quem investiga e esclarecer dúvidas sobre questões como alterações climáticas e inteligência artificial; na prática, estamos a democratizar o conhecimento, a valorizar a ciência no dia a dia de cada um e a inspirar jovens a seguir estas áreas, ajudando-nos assim a dar respostas para um mundo mais sustentável e inclusivo”, desafia o Vice-Presidente da ECUM, Hernâni Gerós.

"FESTA DA CIÊNCIA" É CELEBRADA EM 26 PAÍSES

A NEI vai ser celebrada em 26 países, incluindo Portugal, com atividades em Braga, Coimbra, Lisboa ou Évora. A iniciativa nasceu em 2005 pela Comissão Europeia. A ECUM participa há 12 anos e está integrada no consórcio SCIEVER, que é financiado pelas Ações Marie Curie do Programa Horizonte Europa e junta ainda as universidades de Lisboa (coordenador), Coimbra, Évora e Nova de Lisboa, o INL, o ISCTE, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril e o Município de Lisboa.

A ECUM tem estado desde julho a promover atividades preparatórias da NEI, apelando para o tema. Por exemplo, meia centena de cidadãos detetou numa manhã 160 espécies de fauna e flora no rio Este; um dia aberto virtual sobre ciência juntou educadores e alunos do 1.º ciclo ao 12.º ano de todo o país; e crianças dos 4 aos 6 anos exploraram a “vida secreta” dos microrganismos em Braga. Nos últimos cinco anos, a ECUM promoveu 184 atividades no âmbito da NEI, com cerca de 5000 participantes.


0 comentário

コメント


bottom of page