top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Novo Mercado Municipal de Caminha é inaugurado dia 18 de agosto

O novo Mercado Municipal de Caminha vai ser inaugurado a 18 deste mês, pelas 11h00. De acordo com nota da autarquia, esta é talvez a obra mais ansiada de sempre na Vila de Caminha. Trata-se de um equipamento aguardado pela população há mais de quatro décadas, prometido inconsequentemente por diversas vezes, e que vem agora substituir um mercado que “nasceu” como provisório, mas que assim se manteve larguíssimos anos, sem condições.




edifício cinza com grandes portas em vidro

O velho edifício foi demolido em março de 2021, depois de acauteladas instalações para os comerciantes, em módulos, iniciando-se então a construção.


A obra de edificação do novo Mercado Municipal de Caminha traduz um investimento de cerca de 600 mil euros e a duração prevista da construção era de sensivelmente um ano. "A pandemia e outros constrangimentos acabaram por atrasar os trabalhos, que estão agora concluídos. O novo equipamento, construído de raiz, vai acolher os comerciantes este verão, com conforto e segurança, dignificando-se também um espaço nobre da Vila, junto ao Rio Minho", explica a autarquia em nota de imprensa.


De acordo com a Câmara Municipal, "Toda a construção envolveu dificuldades acrescidas, começando logo pela demolição, executada com bastante cuidado e iniciando-se pela retirada do fibrocimento existente na velha estrutura." A Câmara Municipal de Caminha tinha iniciado, a 15 de outubro de 2020, os trabalhos preparatórios para a implantação do Mercado Municipal provisório que albergou os comerciantes que se encontravam no velho mercado.


O início do processo coincidiu, de resto, com o “início” formal, em Portugal, da pandemia de COVID-19. Durante os meses que se seguiram, o processo também evoluiu, mas a pandemia trouxe incertezas e problemas de todo o tipo, acabando também por afetar os mercados, encarecendo as matérias-primas e dificultando o seu acesso.


A Câmara trabalhou no dossiê Mercado Municipal de Caminha durante cerca de seis anos, período em que também foi executado um projeto compatível com os recursos. A obra obteve financiamento comunitário, através do NORTE 2020 e dos Planos de Ação de Regeneração Urbana - PARU, no âmbito de uma candidatura apresentada com sucesso pelo Município de Caminha.


"O novo Mercado Municipal vem melhorar uma importante entrada da Vila de Caminha, pela zona ribeirinha, ela também, entretanto, requalificada", acrescenta.

colunatas em frente a um edifício cinza

O projeto do novo Mercado Municipal de Caminha é da autoria dos arquitetos Rui Rosado Correia e Tiago Sousa. Esta nova estrutura conta com quatro lojas viradas a sul, 12 bancas para venda de peixe, fruta e legumes, zonas de cargas e descargas, armazéns de frio, viveiro e outras valências. Exteriormente, o novo complexo é composto por uma série de colunatas que permitem a transparência do mercado e ao mesmo tempo proteger do sol as pessoas que trabalham no mercado.



0 comentário

Comments


bottom of page