top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

"Outubro Rosa" no IPVC ajuda mulheres com diagnóstico de cancro da mama em fase de tratamento


Estão a decorrer as inscrições para mais uma edição do HER – Hearth and ExeRcice – programa desenvolvido pela Escola Superior de Desporto e Lazer do Politécnico de Viana do Castelo composto por uma série de exercícios físicos pensados para ajudar mulheres com diagnóstico de cancro da mama em fase de tratamento ou no pós-tratamento. As sessões irão decorrer na Escola Superior de Saúde.




3 mulheres fazendo exercício físico numa sala

Iniciado em 2021, o HER baseia-se num "programa de exercícios físicos pensado para mulheres vítimas de doença oncológica, desenvolvido pela Escola Superior de Desporto e Lazer do Politécnico de Viana do Castelo (ESDL-IPVC)", explica o IPVC em nota.

O programa vai funcionar na Escola Superior de Saúde (ESS-IPVC), em Viana do Castelo, e a participação é gratuita (sessões às segundas, quintas e sextas-feiras, às 18h e às 19h). As inscrições podem ser feitas mediante contacto com as seguintes docentes: Sílvia Rodrigues (914 239 809) e Margarida Marinho (925 221 868).

O IPVC volta, desta forma, a associar-se ao “Outubro Rosa” – mês de prevenção do cancro da mama, ao abrir as inscrições para um projeto que tem feito a diferença na vida de um número cada vez mais de participantes.


Além dos benefícios físicos evidentes, com exercícios definidos caso a caso com vista à melhoria da qualidade de vida de cada um dos participantes, o HER apresenta também melhorias significativas a nível psicológico, familiar e social.

Uma das mais significativas mais-valias, explica a coordenadora do programa e docente da ESDL-IPVC, Sílvia Rodrigues, está na “individualização do programa de exercícios”, sendo feita “uma avaliação prévia bastante específica” de cada potencial participante, nomeadamente no que toca à sua aptidão cardiorrespiratória ou à força muscular.


O HER começou online, devido à pandemia, há cerca de três anos. Arrancou com um grupo reduzido de participantes, no entanto, o impacto positivo acabou por movimentar mais pessoas, tendo sido, já no ano passado, criadas duas turmas.





0 comentário

Comments


bottom of page