top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Politécnico de Viana do Castelo reforça alojamento para estudantes em Valença

A partir do próximo ano letivo, os estudantes da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), em Valença, vão dispor de alojamento a custos reduzidos. A curto prazo, o IPVC irá contar com mais de mil camas distribuídas pelas suas seis Escolas Superiores.





fachada de edifício de alojamento universitário

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo acaba de assinar mais um protocolo com uma entidade privada e já no próximo ano letivo irá ter disponíveis 38 camas para os estudantes da Escola Superior de Ciências Empresariais, em Valença, anunciou hoje o Politécnico.


"O Politécnico de Viana do Castelo passa, já no imediato, a disponibilizar perto de 700 camas, distribuídas pelas suas seis Escolas Superiores e define-se, cada vez mais, como uma das instituições de Ensino Superior do país como maior número de camas por número de estudantes."

mãos a segurar num tablet com mapa do alojamento estudantil em Valença

"A Escola Superior de Ciências Empresariais do IPVC era, até ao momento, a única sem alojamento para estudantes a custos reduzidos, situação que começa, desta forma, a ser solucionada", esclarece. Atualmente, a rede de residências académicas instalada permite que todas as Escolas do IPVC estejam auxiliadas com alojamento para estudantes.


Recorde-se que, através do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, o Politécnico de Viana do Castelo viu aprovada a construção de mais três residências académicas, num total de mais 477 camas, que ficarão, a curto prazo, disponíveis para os estudantes do IPVC. "O projeto contempla a construção de uma nova residência do campus da Praia Norte, em Viana do Castelo, uma residência em Valença, com capacidade para 56 camas e que irá completar o alojamento agora protocolado, e a conversão da Escola Primária de Prado, em Melgaço, em residência académica para os estudantes da Escola Superior de Desporto e Lazer", especifica o IPVC em nota de imprensa.


A curto prazo, o Politécnico de Viana do Castelo terá ao dispor dos seus estudantes 1148 camas, disponibilizando oferta de alojamento estudantil a custos acessíveis.


AS NOVAS RESIDÊNCIAS DO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO

A nova residência IPVC a construir nos terrenos da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG-IPVC) representará um investimento aproximado de 14 milhões de euros e resultará na criação de 400 novas camas, distribuídas por quartos equipados com casa de banho privativa. O novo edifício terá também cantina, bar, centro de saúde, área de fitness e um conjunto de espaços de natureza diversa para fruição dos alunos.


As outras duas novas residências resultam de parcerias com as Câmaras Municipais de Valença e de Melgaço. A construção da residência académica da Escola Superior de Ciências Empresariais, em Valença, orçada em quase dois milhões de euros, prevê a disponibilização de 56 camas às quais se vão juntar as 38 já disponíveis através do protocolo agora assinado.


Em Melgaço, os estudantes passarão a dispor de mais 21 camas, num investimento municipal de 680 mil euros.


No âmbito do PRR, foi também aprovado o projeto de renovação da residência do Centro Académico do Politécnico de Viana do Castelo, num investimento superior a um milhão e 500 mil euros.


"Atento aos condicionalismos económicos dos estudantes e dos respetivos agregados familiares, a criação de alojamento estudantil sempre foi uma das preocupações do Politécnico de Viana do Castelo, que tem procurado, através de residências próprias ou de protocolos com municípios e entidades privadas, aumentar a oferta de alojamento para a comunidade académica", frisa aquela instituição de ensino superior.

OS NÚMEROS DO ALOJAMENTO DO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO

Viana do Castelo: Centro Académico com 200 camas; Residência da Escola Superior de Educação com 119 camas; A Vianesa Guest House com 7 camas; Pousada da Juventude de Viana do Castelo com 30 camas; Residência Erasmus com 42 camas – irão ser criadas mais 400 camas.

Ponte de Lima: Residência da Escola Superior Agrária com 140 camas; Pousada da Juventude de Ponte de Lima com 14 camas.

Arcos de Valdevez: Alojamento com 15 camas.

Melgaço: Pousada da Juventude com 58 camas – irão ser criadas mais 21 camas.

Valença: Alojamento com 38 camas – irão ser criadas mais 56 camas.

Vila Nova de Cerveira: Pousada de Juventude com 8 camas.





0 comentário

Comments


bottom of page