top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Ponte de Lima assinala Dia Nacional da Floresta Autóctone com envolvimento das escolas e da APPACDM

Atualizado: 24 de nov. de 2023

O Município de Ponte de Lima assinala o “Dia Nacional da Floresta Autóctone”, comemorado a 23 de novembro, com a realização de várias iniciativas promovidas pelo Serviço Área Protegida durante esta semana.




crianças e adultos posando para a foto junto a uma árvore caduca

A “Semana da Floresta Autóctone”, a decorrer de 20 a 26 de novembro, iniciou-se na segunda-feira, com a realização de uma ação de limpeza e de arborização no Parque Florestal da Quinta de Pentieiros. O dia 21 de novembro foi dedicado ao controlo de espécies exóticas de flora invasora na Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos. Ambas iniciativas contaram com a colaboração da Associação Florestal do Lima e dos colaboradores do Serviço Área Protegida.


Na quarta-feira, dia 22 de novembro, foram assinados os protocolos de cooperação entre o Município de Ponte de Lima e os Agrupamentos de Escolas do concelho e a APPACDM [Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental], no âmbito do Projeto “Ponte de Lima – Pulmão do Alto Minho”. Estiveram presentes alguns alunos do Centro Educativo das Lagoas e do Agrupamento de Escolas de Arcozelo, assim como os diretores dos Agrupamentos das Escolas António Feijó, de Arcozelo, de Freixo e de Ponte de Lima, bem como a diretora da APPACDM - Delegação de Ponte de Lima.


Com estes protocolos, diz o Município, "pretende-se garantir o envolvimento da comunidade na produção de plantas para alimentar a “Maternidade de Árvores” criada nos viveiros da Quinta de Pentieiros com o objetivo de fornecer o material vegetal necessário à implementação do projeto “Ponte de Lima - Pulmão do Alto Minho”." Pretende-se, ainda, "contribuir para dinamizar práticas pedagógicas relacionadas com o ciclo de vida das plantas, assim como as várias formas de propagação e sensibilizar a comunidade ponte-limense para a importância da Floresta para as gerações atuais e futuras e para as problemáticas decorrentes da mudança climática."

garrafões com replantação de espécies autóctones

O Vereador com os pelouros do Ambiente e Espaços Verdes e das Florestas e da Biodiversidade, Gonçalo Rodrigues, afirmou, citado em nota da autarquia, que este projeto “visa garantir o envolvimento da comunidade ponte-limense num processo de alteração das condições do espaço florestal do concelho que, por esta via, pode dar o seu contributo para a construção de uma infraestrutura verde no território. A par deste projeto o Município de Ponte de Lima tem em curso um conjunto de outras ações e iniciativas que visam a valorização do espaço florestal do concelho na perspetiva económica e ambiental e que, na sua globalidade, com o apoio de todos os agentes envolvidos, tornará o território, a médio e longo prazo, mais resiliente aos efeitos das mudanças climáticas e aos grandes incêndios florestais”.

homem falando perante uma sala cheia de pessoas
Gonçalo Rodrigues - Vereador do Ambiente e Espaços Verdes e das Florestas e da Biodiversidade

Nos próximos dias decorrerá uma ação de controlo de espécies exóticas de flora invasora, trabalhos de recolha de carvalhos resultantes da regeneração natural, na Área Protegida das Lagoas de Bertiandos e S. Pedro de Arcos, para futuras ações de arborização. No dia 25 de novembro irá decorrer uma ação de arborização com espécies autóctones, no âmbito do Projeto “Ponte de Lima - Pulmão do Alto Minho”, no Monte dos Francos, na Freguesia de Anais. Esta atividade cujo ponto de encontro é no Bom Jesus do Monte, em Anais, é destinada a toda a população.




0 comentário

コメント


bottom of page