top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Projeto CAPACIT’ARTE promove inclusão nas escolas do Concelho de Braga

O Município de Braga e a Cooperativa de Ensino Artístico (CEA) estão a desenvolver o projecto 'CAPACIT'ARTE - Pontes para a Inclusão'. A iniciativa, que está a envolver cerca de 100 alunos, visa promover a inclusão social através da arte.




criança de óculos vendo adulto fazer truque com bolhas de sabão

O projecto está em curso nos Agrupamentos de Escolas Carlos Amarante, André Soares, Maximinos, D. Maria II, Alberto Sampaio e Real, envolvendo crianças e jovens com idade entre os três e os 18 anos.


De acordo com nota de imprensa da autarquia, "O ‘CAPACIT’RTE’ visa promover iniciativas potenciadoras de inclusão social e assentes no pressuposto de que as artes, na sua simplicidade e transversalidade, não diferenciam especificidades, permitindo, assim, um trabalho baseado na integração e diversidade."


Para a vereadora da Educação do Município de Braga, Carla Sepúlveda, este projeto tem tido um impacto muito positivo junto das crianças e jovens com necessidades específicas. “Os técnicos do CAPACIT’ARTE e professores de ensino especial das nossas escolas têm feito um trabalho exímio junto das crianças, no sentido de explorar as suas motivações e promover respostas que vão de encontro às suas reais necessidades”, referiu esta terça-feira, 13 de junho, durante uma visita à EB1 de S. Lázaro.


Segundo Carla Sepúlveda, “a educação para a aceitação da diferença tem de estar enraizada nas nossas escolas”. “Com o investimento em projectos inclusivos pretende-se que nas escolas do concelho continuem a ser concebidos, produzidos e regulados recursos, meios e estratégias capazes de corresponder à diversidade de todos os alunos, independentemente das suas necessidades educativas ou condições sociais, económicas, culturais, étnicas ou raciais”, acrescentou.


De salientar que este projeto se constitui como um recurso adicional para os alunos que dispõem dos Centros de Apoio à Aprendizagem – CAA e que têm como principal objetivo proporcionar aos alunos experiências e vivências associadas à música, ao teatro, expressão dramática e artes plásticas.


A estratégia da ação deste novo projeto engloba três dimensões: EU sou EU! - linha de ação essencialmente terapêutica e que visa contribuir para a promoção da qualidade de vida e do bem-estar físico e emocional; Eu sou Espectador! - participação em espetáculos variados; Eu sou artista! - brincar e experimentar. Todas as atividades são dinamizadas por profissionais com experiência adaptada à área de atuação (professores, terapeutas, artistas e um coordenador técnico).







0 comentário

Commenti


bottom of page