top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

UMinho é a universidade com mais pedidos de patentes em Portugal



De acordo com o relatório do Instituto Europeu de Patentes (EPO) agora divulgado, a Universidade do Minho é a instituição de ensino superior portuguesa que mais pedidos de patentes (13) submeteu em 2021.


O resultado reforça o papel da UMinho como um dos principais motores de inovação do país e com forte ligação ao tecido económico-social. O pódio nacional inclui ainda as empresas Feedzai e Sword Health.

"Da parte da UMinho, foram submetidas quatro patentes do Centro de Engenharia Biológica (CEB), três do Instituto de Polímeros e Compósitos (IPC), uma delas em conjunto com o Laboratório de Paisagens, Património e Território​ (Lab2PT), e duas do Centro de Física (CF).", revela aquela academia.

"Além disso, acrescentam, foi registada uma patente do Centro Algoritmi, uma do Centro de Investigação em Microssistemas Eletromecânicos (CMEMS), uma do Centro de Química (CQ) e do Centro de Biologia Molecular e Ambiental (CBMA) e uma do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS)."

Portugal obteve em 2021 um recorde de 286 patentes junto do EPO (European Patent Office), mais 14% face ao ano anterior e o maior crescimento entre países europeus com mais de 200 pedidos de patentes. A nível mundial, o EPO recebeu 188.600 pedidos de patentes.




0 comentário

Comments


bottom of page