top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Vezeira encheu as ruas da Vila do Gerês e apresentou-se oficialmente como Património Cultural Imaterial

14 de Maio, 2024

As vezeiras de Rio Caldo e Vilar da Veiga cumpriram, uma vez mais, o secular costume de se dirigir para a serra, atravessando a vila do Gerês no dia 12 de maio. O evento, organizado pela Associação Lírio do Gerês e contando com a colaboração do Município de Terras de Bouro, Junta de Freguesia de Rio Caldo, Junta de Freguesia de Vilar da Veiga e Hoteleiros do Gerês, animou a vila termal ao longo do fim de semana.




vacas adultas e vitelas a subir as ruas

O programa contou com provas gastronómicas, animação musical e chegas de bois, "contribuindo, desta forma, para mais uma importante promoção e desenvolvimento da economia local, para além do fundamental reavivar das tradições ancestrais", refere nota do Município de Terras de Bouro.

pessoas trajadas de rancho a desfilar pelas ruas

homens a puxar um carro com burros e palha

homem entregando documento de participação a um agricultor

De salientar que esta foi a “primeira edição” realizada já com a inscrição oficializada da Vezeira no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial (INPCI), decorrente do procedimento de registo da Vezeira apresentado pela Câmara Municipal de Terras de Bouro [em dezembro de 2023], "saudando-se assim o empenho do município na salvaguarda e valorização do património cultural do nosso concelho", frisa.

homem de fato e camisa a discursar no palanque
Manuel Tibo - Presidente da CM Terras de Bouro

A prática comunitária da Vezeira em Terras de Bouro tem lugar, todos os anos, ininterruptamente, entre maio e setembro, na freguesia de Vilar da Veiga, contando com a participação da Vezeira de Vilar da Veiga, Vezeira de Rio Caldo e da Vezeira da Aldeia Comunitária da Ermida. A atividade encontra-se devidamente regulada e é impulsionada e mantida por criadores de gado bovino das Freguesias de Vilar da Veiga e Rio Caldo/Vezeiros e pelos familiares do criador.

vacas de várias tonalidades de pêlo a subir a rua

A atividade de criação de gado, por ser uma tradição importante na memória coletiva desta comunidade, é atualmente praticada por várias gerações da família. É comum que o criador seja o avô ou o pai, mas nos dias importantes, como o dia de Covais, o dia da subida da Vezeira e os dias da roda de serviço, ele é acompanhado pelos filhos, netos e cônjuges.

casal a levar o gado rua acima

O evento contou com a presença dos responsáveis do Executivo Municipal, da Assembleia Municipal, da Junta de Freguesia de Vilar da Veiga, da Junta de Freguesia de Rio Caldo e da ATAHCA - Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave.

pessoas sentadas a assistir a um espetáculo numa tenda gigante


 

0 comentário

Comments


bottom of page