top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Viana do Castelo inaugura exposição “Um mar de tradições” no Dia Nacional do Mar



Esta quarta-feira, 16 de novembro, celebra-se o Dia Nacional do Mar. A Câmara Municipal de Viana do Castelo comemora a efeméride com a inauguração, às 17h30, da exposição “Um mar de tradições”, no Centro de Mar, instalado a bordo do Navio Gil Eannes.

“Um Mar de Tradições - História, Arte e Devoção” é uma exposição temática de cariz histórico-etnográfico que "aborda a ligação da Ribeira de Viana ao mar através dos tempos, explorando igualmente algumas das artes das gentes deste bairro piscatório", nomeadamente através de réplicas de embarcações locais, pinturas e desenhos de artistas vianenses (Carolino Ramos) e estrangeiros (George Loukomsky). Esta exposição, acrescenta o Município, "aborda ainda o caráter devocional através de ex-votos que as gentes do mar ofertavam a Nossa Senhora d’Agonia."


A conceção dos conteúdos para a exposição é de autoria do antropólogo Álvaro Campelo, pela especificidade do trabalho desenvolvido nestes domínios. Assim, toda a investigação foi realizada na área da antropologia, história e etnografia do litoral português, alavancando o potencial cultural e identitário desta aldeia de mar, elementos nos quais as gentes deste bairro piscatório se reconhecem e servem, ao mesmo tempo, como meio promocional da História, Arte e Devoção deste polo âncora.


Esta exposição integra a candidatura Valorização da Aldeia de Mar – Ribeira de Viana, financiada pelo Mar 2020, que tem como objetivos promover o desenvolvimento local e a diversidade das economias das zonas pesqueiras, através do empreendedorismo, da promoção do emprego sustentável e com qualidade, da promoção da inovação social e da criação de respostas a problemas de pobreza e exclusão social.


"A inauguração desta exposição assinala ainda o 8.º aniversário do Centro de Mar, que abriu portas a 16 de novembro de 2014.", salientam. O Centro de Mar é um espaço onde a cultura marítima é valorizada, assumindo-se como "espaço de aprendizagem que presta homenagem às nossas tradições marítimas e que divulga uma parte relevante da história do concelho."


O Centro de Mar - Centro de Interpretação Ambiental e de Documentação do Mar, a funcionar no Navio Gil Eannes, foi criado com o objetivo de ser a “porta de entrada” do projeto Centro de Mar de Viana do Castelo. As componentes instaladas incluem um Centro Interpretativo Ambiental, que integra um percurso museológico e interpretativo sobre a cultura marítima de Viana do Castelo, e Centro de Documentação Marítima.


Em 2020, foi inaugurado o Museu Virtual da Memória Marítima, espaço dedicado à salvaguarda e preservação, registo e documentação, arquivo e divulgação de espólios documentais relacionados com o tema do “mar” e a sua importância (passada, atual e futura), a diversos níveis (cultural, económico, social, geográfico, ambiental), nos processos de desenvolvimento do território abrangido pelo Centro de Mar.



0 comentário

コメント


bottom of page