top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Vieira do Minho aposta na valorização da floresta com Projeto de Resinagem na Serra da Cabreira


Este Projeto está localizado numa vasta área de pinhal nas freguesias de Pinheiro e Cantelães e tem por objetivo a promoção sustentável da floresta, uma vez que para além de permitir a extração deste recurso natural, a resina, permite, em simultâneo, a limpeza e vigilância daquelas manchas florestais.



Através de comunicado, o Município de Vieira do Minho informa que o Presidente da Câmara, António Cardoso, visitou hoje o Projeto de Resinagem que está a ser implementado nas freguesias de Pinheiro e Cantelães. O projeto está a ser executado pela Associação para o Ordenamento da Serra da Cabreira, em estreita colaboração com o Município de Vieira do Minho e com os Conselhos Diretivos de Baldios de Cantelães e Pinheiro e respetivas Juntas de Freguesia.

A área de resinagem está dividida em nove talhões com cerca de dezoito mil bicas instaladas nos pinheiros. "A primeira colheita deste recurso natural já se encontra em marcha, prevendo-se, ainda mais duas colheitas até ao final do mês de Outubro. Após a primeira colheita no pinhal, a resina será encaminhada para a indústria de 1ª transformação, onde será submetida a destilação. Esta fase inclui ainda um processo prévio de filtragem, em que se removem as impurezas que se foram depositando nos púcaros, ao longo da campanha.", especifica o Município.


A autarquia refere ainda que "a implementação deste projeto é o reflexo da aposta na valorização da floresta e seus ativos preconizada pelo Município Vieirense, pois esta atividade já permitiu a criação de seis postos de trabalho."


Simultaneamente, adiantam, este projeto "vai gerar receitas e contribuir para uma maior proteção das áreas florestais a intervencionar, através de uma maior presença humana, vigilância e efeito dissuasor relativamente à probabilidade de ocorrência de incêndios florestais."




0 comentário

Comments


bottom of page