top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

‘Vilas Novas’ de Cerveira e de Arousa estreitam laços turístico-culturais

Com interesses municipais comuns, para além da toponímia semelhante, o Presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, e o alcalde de Vilanova de Arousa, Gonzalo Durán reuniram-se, na sexta-feira, naquele concelho de Pontevedra (Galiza), para afirmarem a vontade em avançar com sinergias futuras nas áreas do turismo e da cultura, com destaque para a promoção do Caminho Português de Santiago.




dois homens segurando pratos decorativos numa sala

Durante o encontro, os autarcas tiveram a oportunidade de apresentar as potencialidades de cada território e a respetiva estratégia municipal, encontrando pontos de interesse comum que podem despoletar uma parceria profícua, consubstanciada no desenvolvimento de projetos conjuntos, no âmbito do POCTEP ou de outros programas de financiamento europeu.

"Vila Nova de Cerveira e Vilanova de Arousa são duas localidades históricas do noroeste peninsular, com cerca de 10 mil habitantes cada, e que partilham a toponímia semelhante de ‘vilanova’, além de terem dois rios navegáveis - o rio Minho e a ria de Arousa - como um dos ex-libris de vivência territorial", sustenta o Município de Vila Nova de Cerveira em nota de imprensa.

"Os Caminhos de Santiago apresentam-se como um dos fatores de união entre ambos os municípios, complementados pelo Caminho Português, mas também pela dinamização de outras variantes singulares e que podem ser alavancadas em conjunto", acrescenta. Vila Nova de Cerveira tem-se apresentado como a ‘vila de caminhos’, sendo passagem obrigatória do Caminho Português da Costa, estando, mais recentemente, a apoiar a certificação do Caminho da Nossa Senhora do Norte, que passa por Vila Nova de Cerveira entrando na Galiza por Tomiño, antes de se unir ao português em Redondela. Por sua vez, Vilanova de Arousa conta com a experiência da Variante Espiritual, um percurso marcado por ser a única Via Crucis marítimo-fluvial do mundo, e que consiste num conjunto de 17 cruzeiros que assinalam o percurso do corpo do apóstolo.

"Outro ponto em comum entre as ‘vilas novas’ de Cerveira e de Arousa, explica, é a existência de dois parques naturais que se constituem como potenciadores turístico-patrimoniais." Por um lado, o Parque de Lazer do Castelinho, em Vila Nova de Cerveira, ao qual se conjuga o trabalho do Aquamuseu do rio Minho, e, por outro lado, o Parque Nacional de Illas Atlánticas, em Vilanova de Arousa, um parque marinho que acolhe mais de 200 espécies de plantas e animais, proporcionando muitas atividades, como caminhadas, ciclismo e canoagem.




0 comentário

Comments


bottom of page