top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Assembleia Municipal de Viana do Castelo debateu novos desafios da Mobilidade

A primeira assembleia municipal de 2024 em Viana do Castelo ficou marcada pelo debate “Mobilidade Urbana – Novos Desafios”, que contou com a presença de Paula Teles, Presidente da Rede de Cidades e Vilas que Caminham, e pelo Secretário de Estado da Mobilidade Urbana, Jorge Delgado.




pessoas num debate numa assembleia

Jorge Delgado sublinhou, na sua intervenção, a importância da mobilidade como “espinha dorsal das cidades”, enfatizando que os transportes públicos eficientes são o desafio efetivo e real para Viana do Castelo e para o país. “É preciso pensar as cidades incluindo a mobilidade”, reiterou, defendendo que para tal é necessário planeamento, capacitação, investimento, financiamento e informação. Já Paula Teles defendeu que “é necessário resgatar as cidades e os territórios para os modos suaves”, avançando que o futuro pode ser melhorado porque começam a existir documentos em matéria de mobilidade, mudando gerações e tendo a mobilidade como “grande processo de transformação das cidades”.

homem e mulher numa reunião de trabalho

De lembrar que Viana do Castelo oficializou a adesão à Rede de Cidades e Vilas que Caminham através de um protocolo de adesão do município vianense a esta rede nacional que conta já com 45 aderentes. Promovida pelo Instituto de Cidades e Vilas com Mobilidade, a Rede de Cidades e Vilas que Caminham pretende promover ações, iniciativas e projetos que fomentem a caminhabilidade e a mobilidade pedonal em Portugal e a sua presidente, Paula Teles, defendeu a mobilidade com recurso a modos suaves, apostando nas gerações mais jovens para humanizar o território.

 

Para o Presidente da Câmara Municipal, Luís Nobre, o grande desafio é a alteração de comportamentos, tanto mais que “o futuro das cidades depende da ação de cada um para influenciar e a pensar a mobilidade”. “É preciso pensar a mobilidade para que o modelo e as medidas encontradas cumpram a coesão territorial e social”, rematou.

pessoas sentadas num anfiteatro assistindo a uma apresentação


0 comentário

Comments


bottom of page