top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Cerveira celebra Dia de Santiago com atividades para os peregrinos

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira vai celebrar o Dia de Santiago (25 de julho) com um conjunto de atividades que se centra no peregrino e na importância turística dos Caminhos de Santiago para o território concelhio.





cartaz do evento com concha de Santiago, setas do caminho em fundo amarelo

O Dia de Santiago vai ter início pelas 17h30 com a inauguração do "Banco do Peregrino" em frente à Rotunda do Cervo. "Trata-se de um local de passagem de milhares de peregrinos, no qual podem desfrutar do slogan de ‘Cerveira, Vila das Artes’ e um dos seus elementos identitários, contemplando de perto a escultura de Zadok Ben-David, ‘O Cervo’, e lá bem no alto do Monte da Sr.ª da Encarnação a escultura do Mestre José Rodrigues, ‘O Cervo’, além de toda a beleza envolvente aos jardins verdes e bem cuidados de Vila Nova de Cerveira", refere a autarquia em nota informativa sobre o evento.


Mais tarde, às 18h30, segue-se uma visita ao centro histórico, com paragem e um breve enquadramento sobre o Hospital Antigo do Peregrino, pertencente à Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Cerveira, e que prestava o habitual auxílio aos mais desfavorecidos, mas também aos peregrinos que por ali passavam.

Pelas 19h30 está previsto um Convívio Peregrino com um momento musical, a decorrer no Jardim Solar dos Castros, que culmina com um Chá do Peregrino e Conversa sobre ‘Cerveira Vila de Caminhos’ com Lourenço de Almada, na Biblioteca Municipal, pelas 21h00. Lourenço de Almada é pesquisador de caminhos e traçados, antigos e culturais, para rotas temáticas, e ainda orientador e lecionador de cursos sobre caminhos de Santiago, a sua história, traçado e organização preparatória de peregrinações a pé, de bicicleta e a cavalo na atualidade.

O concelho de Vila Nova de Cerveira tem 14,4 Km do Caminho Português da Costa, devidamente sinalizados, com uma parte do percurso a passar no centro histórico, onde frequentemente se veem peregrinos a descansar ou desfrutar dos pontos de interesse.


Santiago é aceite como santo por todas as confissões cristãs não protestantes. É festejado a 25 de julho, nas igrejas católica e luterana. Os ortodoxos comemoram-no a 30 de abril, os coptas a 12 de abril, e os etíopes a 28 de dezembro. A meados da Idade Média passou a ser concedido aos católicos a indulgência plenária pelos seus pecados. Estes tinham que se dirigir, em peregrinação e penitência, ao santuário de Santiago de Compostela nos Anos Jubilares Compostelanos, quando o seu dia santo calhasse num domingo.




bottom of page