top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Eurorregião Norte de Portugal e Galiza têm nova entidade para promover a cooperação económica

Foi apresentado esta sexta feira, dia 13 de outubro, em Valença, o novo Agrupamento Europeu de Interesse Económico Transfronteiriço entre a Galiza e o Norte de Portugal Mercatus. Criado pela CEVAL - Confederação Empresarial do Alto Minho e pela Câmara de Comércio, Indústria e Navegação de Tui, esta entidade vai estimular relações que promovam o desenvolvimento económico entre estas duas regiões, assim como facilitar ou desenvolver a atividade económica dos seus membros e melhorar ou aumentar os resultados desta atividade.




homens e mulheres posando para a foto

Durante a sessão de apresentação, o presidente da CEVAL, Luís Ceia, destacou a importância deste passo com a criação desta entidade que vai permitir potenciar as empresas e os empresários da região, criando e desenvolvendo sinergias transfronteiriças para um contínuo trabalho em conjunto.

homem de fato e gravata discursando no palanque
Luís Ceia - Presidente da CEVAL

Para o presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Navegação de Tui, Anton Fonseca, segue-se um percurso de trabalho conjunto a favor das empresas e dos empresários para continuar a promover o crescimento da Galiza e do Norte de Portugal.

homem falando no palanque para uma sala repleta de pessoas
Anton Fonseca - presidente da Câmara de Comércio, Indústria e Navegação de Tui

Com o Mercatus, os seus membros fundadores, propõem-se realizar um conjunto de atividades, de forma a garantir a prossecução das linhas orientadoras que sustentaram a criação deste Agrupamento, tais como:

  • Potenciar as atividades dos seus membros, associados, parceiros e empresas no espaço da Eurorregião Galiza - Norte de Portugal;

  • Estimular o desenvolvimento económico da eurorregião;

  • Desenvolver o potencial transfronteiriço das empresas;

  • Potenciar oportunidades económicas;

  • Caracterizar a economia da região;

  • Fomentar o empreendedorismo;

  • Promover a digitalização e a eficiência energética;

  • Proporcionar oferta formativa adequada ao ao mercado;

  • Complementar a oferta e procura conjunta nos mercados internacionais;

  • Participar em projetos transfronteiriços;

  • Promover ações de networking empresarial;

  • Realizar missões empresariais conjuntas e ações de Benchmarking internacional;

  • Conhecimento da oferta económica da região;

  • Procurar financiamento para desenvolver os objetivos acima mencionados mencionados e participar com terceiros em qualquer projeto que integre as missões expostas.

Dentro da proposta de trabalho apresentada prevê- se a realização de sessões de networking de âmbito setorial, em Portugal e Espanha, bem como, a realização de uma Conferência Empresarial do Rio Minho Transfronteiriço, desenvolvimento de uma rede empresarial entre a Galiza e o Norte de Portugal e incentivo ao empreendedorismo.


O Mercatus -Agrupamento Europeu de Interesse Económico Transfronteiriço entre a Galiza e o Norte de Portugal está agora lançado e pronto para trabalhar numa economia sem fronteiras.




0 comentário

コメント


bottom of page