top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

“Marginal” regressa, de 6 a 16 de julho, ao Jardim da Marina e Jardim Público de Viana do Castelo

A iniciativa “Marginal” está de regresso ao Jardim Público e ao Jardim da Marina de Viana do Castelo. De 6 a 16 de julho, o Marginal traz inúmeras propostas, entre artes e petiscos, música, dança e espetáculos, cozinhas do mundo e showcookings, atividades infantis, teatro e muito mais.




homem segurando um cartaz no meio de um jardim na cidade

Em conferência de imprensa de apresentação do programa, o Vereador da Cultura, Manuel Vitorino, citado em nota, referiu que o programa representa “uma aposta nos talentos locais, nomeadamente na música e na dança, o que é muito importante”. “Temos projetos de banda ou a solo na música, escolas de dança, com espetáculos que são empoderadores e que mobilizam pessoas, trazendo-nos projetos muito interessantes que devemos acarinhar”.


“O objetivo é criarmos uma programação cultural e diversificar as áreas da cidade que acolhem os eventos”, frisou, revelando que na primeira edição, o feedback por parte dos comerciantes foi muito positivo.


O responsável destacou o facto de, mais uma vez, o Marginal ter uma forte componente emigrante, considerando particularmente relevante “trabalhar a integração e dar a conhecer a diversidade cultural, religiosa e gastronómica que Viana do Castelo já tem”, afirmando que, em muitas escolas vianenses, a percentagem de estudantes emigrantes ronda já os 7%.

cartaz do evento

Em todos os dias de evento, o Jardim Público acolhe Artes e Petiscos, das 18h00 às 00h00, e a Praça Infantil funcionará das 18h00 às 22h00.


No primeiro dia, 6 de julho, o programa integra Expressões do Mundo – Ucrânia, concerto dos Coisa Mansa, um showcooking também por emigrantes ucranianos, atuação da Escola Foz Star Dancer’s, concerto de Diego El Gavi e o DJ Ricardo Ribeiro fecha a noite.


A 7 de julho, a iniciativa conta com Expressões do Mundo pela Venezuela, concerto de Hip Hoper Russo, Cozinhas do Mundo pelo Paquistão, Paula & João com ritmos afrolatinos, concerto de António Garcez e a noite termina com DJ Zézé Gonçalves.


A 8 de julho, as propostas integram o Sábado com Histórias na Biblioteca Municipal, Expressões do Mundo – Síria, Click to Click com artes circenses, Cozinhas do Mundo Afeganistão, Arte e Movimento com dança, o teatro “Amor de Dom Perlimplim com Belissa em seu jardim” e ainda o DJ Pedro Faria.


Já a 9 de julho, O Bicho Papelão apresenta teatro infantil no Parque Ecológico Urbano, o Teatro Municipal Sá de Miranda recebe a Workestra MALcriada de João Ricardo de Barros Oliveira, sendo que o Palco Jardim acolhe novas artes circenses com E tudo a Magia Levou e ainda Open Dance School, fechando a noite com o Grupo Raízes no Palco Rio.


Na quinta-feira, 13 de julho, o programa inclui concerto de Puto, Cozinhas do Mundo – Colômbia, concertos Cacau Positiva e MotherFlutters, fechando com o DJ Matko Destrokanov.


A 14 de julho, concerto de Meta Sonora, Cozinha do Mundo – Brasil, dança Capoeira, concerto One Vision – Tributo a Queen, fechando com DJ Morat.


Sábado, 15 de julho, novo Sábado com Histórias na biblioteca, Expressões do Mundo – São Tomé e Príncipe, artes circenses CaMota T0+1, Cozinhas do Mundo – Angola, Dança & Cia, concerto de Ricardo Azevedo, encerrando com DJ Tony Brito.


No último dia, 16 de julho, o Parque Ecológico Urbano recebe As Plantas do Parque: Usos e Costumes, sendo que a Companhia Krisálida apresenta “Palhinhas – A história de um espantalho”, incluindo o programa ainda a Academia Jadança e concerto “O Coreto” por Rogério Charraz e José Fialho Gouveia.




0 comentário

Comments


bottom of page