top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Caminha Medieval registou "casa cheia" no primeiro dia do evento


A vila de Caminha voltou ontem a mergulhar na História. Mais de 120 mercadores deram as boas-vindas a muitas centenas de visitantes que não quiseram perder o primeiro dia do evento. Muita animação, cor, música, sorrisos e boa comida num final de tarde que se prolongou noite dentro, uma verdadeira noite de verão para desfrutar.



De acordo com o Município de Caminha, Portugueses, mas muitos estrangeiros passearam pelo casco histórico da Vila de Caminha, sendo surpreendidos aqui e ali pelos 23 grupos que, até domingo, se encarregam da animação de Caminha Medieval. "Ouvia-se falar português, claro, mas também espanhol, alemão, francês e outras línguas, numa convivência que teve um denominador comum, a Vila de Caminha.", registam.

A autarquia destaca o elevado número de mercadores, "cerca de meia centena" só na área alimentar, e "a participação de todas as freguesias do concelho e várias associações e clubes locais, num total de mais de quatro centenas de pessoas."


São também várias as áreas temáticas, desde o acampamento e oficinas pedagógicas, com campo civil e militar; ofícios medievais e jogos infantis; pharmacopeia - o hospital do peregrino; oficina de caligrafia; experiência: insanus spiritus; visita teatralizada à torre de menagem medieval; Camina librorum; viagem pela literatura medieval; mens sana in corpore sano (uma espécie de SPA de outros tempos); acolhimento ao peregrino; cetraria; oficinas de artes e muitas tendas para provar iguarias.

O Caminho de Santiago é o mote desta edição de Caminha Medieval, que ao longo de cinco dias animará a vila de Caminha. A primeira peregrinação cumpriu-se, mas logo há mais, a partir das 18h00.


Para o dia de hoje, destaque para “encontros” com Histórias da fada varetas e do duende varola, na Oficina de Caligrafia; Marionetas e teatro medieval; Saltimbancos; Miseráveis; Cavaleiros em desfile pelas ruas do reino; Colecionadores de ossos; Pão do Povo; Exibição de voos de aves de rapina; A arte da caligrafia medieval – Oficina de Caligrafia; Froya & Seymor, os feiticeiros; Artes Circenses; Bino e Bina; Jograis e fogo; Gil Teatro e Animatus e Espetáculo equestre com os cavalos e cavaleiros.

Fique atento ao acender da Chama do Caminho, porque o arauto vai anunciar a rota da peregrinação. E sobretudo, divirta-se, porque as portas do Burgo só fecham no início da madrugada de sexta-feira.




0 comentário

Comentarios


bottom of page