top of page

Peneda Gerês TV

Multimédia e Comunicação

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Instagram

Pub

Universidade do Minho lidera projeto europeu "Lirensemble" para empoderar os leitores

A Universidade do Minho lidera um projeto europeu para criar espaços digitais de interação entre os leitores, além de ações para os capacitar e investigações na área. Chama-se “Lirensemble”, junta dez universidades e é cofinanciado em 250 mil euros pelo programa Erasmus+ até 2026.




escola de letras, artes e ciências humanas da UMinho

“Ler é uma experiência ativa da literatura: dar voz ao texto, abordar a obra e expressar gostos de leitura são formas de compartilhar a construção de nós e do mundo, os conhecimentos e habilidades sensíveis, os valores como respeito e liberdade”, diz a investigadora responsável, Maria Jesus Cabral, citada em comunicado da UMinho. “Neste projeto vamos impulsionar a diversidade, o multilinguismo, a transformação digital e a interação cultural através da leitura, apoiando a aprendizagem não formal no espaço europeu”, realça a professora da Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas (ELACH) da UMinho.

 

“Lirensemble - Reading Communities, Shaping Identities” tem como objetivos a investigação, a formação avançada e o desenvolvimento de competências de leitura e interpretação, considerando fatores influenciadores nas experiências dos leitores. Visa criar coleções personalizadas e espaços de interação entre os leitores, como a plataforma digital Lirensemble. O projeto está articulado com a rede interinstitucional LEA! Lire en Europe Aujourd'hui, sediada no Centro de Estudos Humanísticos da UMinho (CEHUM), que desde 2008 promove estudos, publicações, formações pós-graduadas/avançadas e atividades no âmbito da leitura literária.


O lançamento do projeto ocorre dia 28 de março, às 9h30, no auditório B2 do campus de Gualtar, em Braga.

programa do evento em francês

O encontro vai contar com os representantes do consórcio, formado pelas universidades do Minho, Porto (Portugal), Antuérpia (Bélgica), Cádis, Valência (ambas de Espanha), Masarykova (Chéquia), Pazmany Peter (Hungria), Paris-Nanterre, Paris 3 (França) e Roma Sapienza (Itália). Na abertura intervêm o coordenador da rede LEA!, Franc Schuerewegen; a vice-reitora da UMinho, Filomena Soares; o presidente da ELACH, João Cardoso Rosas; o diretor do CEHUM, Vítor Moura; e Maria de Jesus Cabral.





0 comentário

Comments


bottom of page